Notícias

Fala, Ceni

Treinador analisa partida contra o Jequié

09 mar 2024 | 19H23

Após o Bahia vencer o Jequié por 1 a 0, na partida de ida das semifinais do Campeonato Baiano, no estádio Waldomirão, o técnico Rogério Ceni conversou com a imprensa. O treinador analisou o resultado na casa da equipe do interior do estado.

Para Ceni, o jogo foi bastante disputado. O treinador pregou respeito para a partida de volta, mas afirmou que o Bahia entrará em campo no próximo sábado em busca da vitória para avançar para a decisão, com a possibilidade de atuar no jogo final na Fonte Nova.

“O jogo é disputado. Eles marcaram bem. O gol saiu ali no minuto 87, 88, e o gramado dificultou um pouco. Para a volta, precisamos vencer para garantir a classificação e tentar manter essa vantagem”.

O treinador explicou as substituições feitas durante a partida. Ceni destacou que além das trocas já programadas, precisou fazer mudanças por ordem médica, no caso de Yago Felipe, e pela necessidade de buscar o resultado, de olho na final. 

“Diante da necessidade entrou Ademir, Thaciano na frente, mas precisávamos do resultado. A entrada do Caio já estava programada. Eu tinha combinado que ele e Rezende cada um faria 45 minutos. E a do Jean pelo Yago foi porque o Yago tomou uma pancada, não aguentava e pediu para sair”.

O treinador ainda falou sobre a sequência de partidas fora de casa e o impacto disso no grupo de jogadores.

“O que muda é que, fisicamente, você só tem viagem. Você não tem treinamento, descanso, treinamento. É só viagem. Então é normal que caia (o físico). Pelo menos as trocas tem sido bem planejadas nesse sentido”.

Fotos: Letícia Martins/EC Bahia