Notícias

Raudinei²

Em noite de autógrafos, ídolo se depara com jovem batizado devido ao gol

06 ago 2014 | 17H01

Na semana de comemoração dos 20 anos do famoso gol que decidiu o Baianão de 1994, o ídolo Raudinei esteve em Salvador para um noite de autógrafos que lotou a Casa do Tricolor do shopping Paralela.

Um dos tricolores presentes era Roberto Costa, que levou o filho, batizado de Raudinei, por causa do lance conseguido aos 46 minutos do segundo tempo.

“Eu disse: quem fizer o gol de empate vai ser o nome do meu filho futuramente. Sete anos depois, em 2001, quando ele nasceu, foi em homenagem a esse gol”, falou Roberto Costa.

Para Raudinei, o tento apenas reafirmou o slogan de que o Bahia nasceu para vencer. “A luta foi até o final e a mística ficou mais gravada ainda depois daquele gol, ainda mais da maneira como foi”.

O ídolo confirmou que assistirá à partida desta noite contra Corinthians, às 22h, na Fonte Nova.

Que sirva de inspiração.

Confira ao lado galeria de fotos do evento.

Galeria de Fotos