Notícias

Valdomiro Costa: “temos a obrigação de subir”

Atacante diz que quer fazer gol de qualquer jeito para alegrar a torcida do Bahia. Objetivo do artilheiro é voltar à Série A.

12 jan 2004 | 13H10

Primeiro reforço do Bahia para a temporada 2004, o atacante Valdomiro Costa já está treinando no Fazendão. O atacante foi apresentado na manhã desta segunda-feira, pelo diretor de futebol, Walter Telles. Valdomiro chegou animado e prometeu empenho para levar o Bahia de volta à Série A.

“Sabemos que não vai ser fácil, pois trata-se de um torneio muito equilibrado e competitivo. Mas o Bahia tem a maior tradição, torcida e estrutura da Segundona. Por isso, nós temos condições e até mesmo obrigação de ficar com uma das duas vagas. Espero que os gols do Waldomiro ajudem o clube a alcançar esse objetivo”, declarou o jogador, que disse precisar de uma a duas semanas de trabalho para poder entrar em campo.

“Não jogo desde novembro. Mas nesse tempo todo parado, me cuidei bastante e estou apenas dois quilos acima do meu peso ideal. Com a disposição que estou, acredito que posso ficar informa até mesmo antes do previsto”.

Valdomiro falou ainda dos motivos que o fizeram vir para o Bahia. “Como já falei, o Bahia é um clube de muita tradição e influência no cenário nacional. Faz parte do clube dos 13, tem uma torcida muito grande e fanática. Isso dá mais visibilidade e motivação a qualquer jogador. Por isso eu estou aqui”.

Falando diretamente ao torcedor usuário do eusoubahia.com, Valdomiro afirmou que a Nação Tricolor pode esperar gol de qualquer jeito de seu novo atacante. “Sou um jogador muito voluntarioso. Mesmo baixinho (1,68m), faço gol de cabeça. Ano passado, pela Segunda Divisão, fiz quatro. Gosto também de cobrar faltas e pênaltis. Mas o meu forte são as jogadas na área, onde levo vantagem pelo bom posicionamento. Para alegrar essa torcida, espero fazer gol até de barriga”, brincou o vice-artilheiro da Série B em 2003, com 18 gols.