Notícias

Valdomiro: “ainda dá para reverter”

Zagueiro acha que Bahia deu azar ao perder muitos gols contra o Atlético/PR e acredita em permanência na elite.

24 nov 2003 | 15H20

Para o zagueiro Valdomiro, a derrota do Bahia para o Atlético/PR, domingo, na Fonte Nova, foi um resultado injusto. O jogador acha que o time merecia um destino melhor na partida, principalmente pela quantidade de gols perdidos antes da equipe sofrer o primeiro tento do adversário. Mesmo com a derrota, o jogador acredita que ainda há tempo para salvar o Tricolor do rebaixamento.

“Tivemos chance para decidir a partida a nosso favor no primeiro tempo e erramos nas conclusões. Fomos infelizes. Após erros seguidos de conclusão, eles marcaram o primeiro gol, o que deixou a nossa equipe nervosa. Entramos em desespero e aí não houve mais jeito. A partir daí tudo deu errado”, lamentou o zagueiro, que, entretanto, deu um chutão no otimismo.

“Temos que acreditar. Segunda Divisão? Temos que pensar que ela é evitável até o último segundo e vou dar o meu máximo para impedir que isso aconteça com o meu Bahia. Tenho certeza que todo mundo aqui dentro do clube está pensando nisso e acredito que, apesar de difícil, ainda há tempo de reverter a situação”, disse Valdomiro.

“No futebol, como na vida, nada é impossível. Minha mãe sempre diz que só não há jeito para a morte. Já vi casos de muita gente em coma, na UTI, condenada pelos médicos, despertar para a vida de novo graças à força de vontade e luta. Comparo a situação do Bahia a essa. Sabemos que é muito difícil e complicada, mas que há salvação e vamos buscá-la enquanto for possível”, finalizou o zagueiro.