Notícias

Um mês sem Bruno

Lateral fratura clavícula, passa por cirurgia e desfalca Bahia por 30 dias. Jogador vai ser operado na CATO, nesta quarta-feira.

10 ago 2004 | 12H09

Darino Sena

O lateral-esquerdo Bruno fraturou a clavícula e vai ficar um mês parado. O jogador passa por cirurgia na manhã desta quarta-feira, na clínica CATO, em Salvador. A intervenção vai ser realizada pelos médicos Adriano Fonseca, do Bahia, e Antônio Valadares, diretor da CATO.

Bruno sofreu a fratura na clavícula esquerda no treino da manhã desta terça-feira, no Fazendão, após uma disputa de bola pelo alto com Glauciano e Ari.

Prontamente, a CATO, que é parceira do Bahia, disponibilizou toda sua moderna infra-estrutura para um rápido atendimento do atleta tricolor. Na tarde desta terça, Bruno realiza exames necessários antes da realização da cirurgia.

Segundo o médico Adriano Fonseca, após a intervenção cirúrgica, Bruno vai ser liberado para os trabalhos físicos dentro de duas semanas. Fonseca avalia ainda que em mais 15 dias o atleta recupera a forma ideal e volta aos gramados.