Notícias

Tricolor pega “rei do empate”

Saiba a quantas anda o adversário desta sexta.

23 jul 2004 | 08H50

Fonte: Correio da Bahia

O Bahia vai enfrentar hoje o “rei do empate”. Só que o Remo, embalado por ter conquistado na última rodada seu primeiro triunfo dentro de casa, quer exorcizar o apelido e se aproximar de vez da zona de classificação da Série B. O time paraense terminou sete jogos em igualdade com seu adversário, venceu apenas três jogos e perdeu outros três. Atualmente ocupa o 14º lugar na tabela, com 16 pontos.

Para mudar de história no Brasileiro, os paraenses trocaram de técnico há duas rodadas: saiu o jovem Agnaldo de Jesus e chegou Arthur Bernardes, que já trabalhou por um curto período no Bahia e tem também em seu currículo uma obscura passagem pelo Flamengo, quando era auxiliar técnico do radialista Washington Rodrigues. Treinos à noite, exercícios como castigo por erros em excesso e puxões de orelha têm sido a receita de Bernardes para tirar o time da crise.

Além de tudo, o Remo tem enfrentado dificuldades financeiras. A renda de seus jogos em Belém está sendo bloqueada pela Justiça para pagamento de dívidas oriundas de reclamações trabalhistas contra o clube. No início do ano, o elenco entrou em greve para protestar por 15 dias de salários atrasados.

O grande ídolo do time é o meia Gian, ex-Vasco e Fluminense, mas a dupla de ataque formada por Júnior Amorim e Júnior Ferrim também é destaque, mas é dúvida para o confronto desta noite. Para o jogo de hoje, o treinador, que só vai definir o time nos vestiários, ainda tem o lateral-direito Adriano contundido e o meia Rogério suspenso.