Notícias

Titulares mostram poder de reação

Reservas venciam por 2 a 0, mas time principal conseguiu empatar coletivo. Leonardo e Reginaldo voltam. Escalação definida.

09 set 2004 | 17H30

Darino Sena

O time titular do Bahia teve que suar a camisa para empatar com os reservas no treino realizado na tarde desta quinta-feira, na Fonte Nova. Foi o último coletivo antes do jogo deste sábado, contra o Caxias, na casa do adversário.

Os reservas surpreenderam logo no início do treino, abrindo dois gols de vantagem, ambos anotados por Ernane, camisa 10 da Seleção Brasileira Sub-20. Os titulares só conseguiram deixar tudo igual no finalzinho, com tentos de Rodriguinho e Selmir.

O técnico Vadão gostou do que viu nos 40 minutos de bola rolando. “O time reserva atuou com muita disposição e motivação e complicou as coisas. Numa análise geral, o ponto positivo foi o poder de reação dos titulares, que chegaram à igualdade após saírem perdendo”, comentou.

Nesta quinta, o treinador comemorou a volta de dois titulares às atividades normais – os zagueiros Reginaldo e Leonardo. O primeiro esteve fora do treino de quarta-feira por causa de um cansaço muscular. O segundo não treinava há dois dias, em virtude de uma inflamação no pé.

Com as liberações de Reginaldo e Leonardo, Vadão confirmou para o jogo de sábado o mesmo time do coletivo e da vitória por 3 a 1 sobre o Náutico – Márcio; Paulinho, Leonardo, Reginaldo e Cícero; Neto, Henrique e Rodriguinho; Robert; Selmir e Neto Potiguar.

Os reservas jogaram com – Éderson; Ari, Alemão, Allyson e Elias; Glauciano, Luis Alberto, Marquinhos (Renna) e Ernane; William e Bebeto.