Notícias

STJD

Kieza é punido, mas Bahia vai recorrer

23 out 2015 | 14H42

Julgado pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) no início da tarde desta sexta-feira (23), no Rio de Janeiro, o atacante Kieza recebeu três partidas de suspensão devido à sua expulsão no clássico Ba-Vi do último dia 3, na Arena Fonte Nova, pela 29ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Mas o Esquadrão de Aço vai recorrer.

Se todas as quatro acusações ao atleta fossem acatadas com pena máxima, ele poderia pegar 21 jogos de punição Como Kieza já cumpriu um, o da suspensão automática, precisaria ficar fora de mais dois.

O clube ainda recebeu multa de R$ 25 mil por ocorrência registrada no setor Lounge Premium após o duelo.

O departamento jurídico azul, vermelho e branco informa que entrará com recurso com pedido de concessão de efeito suspensivo.

Kieza respondia a quatro infrações ao Código Brasileiro de Justiça Desportiva:

250 do CBJD (Ato desleal ou hostil) – pela mão na bola. Pena – suspensão por uma a três partidas;
258-A do CBJD (Provocar o público durante partida) ao usar camisa de torcida organizada proibida. Pena – suspensão de duas a seis partidas.
258, inciso II do CBJD (Desrespeitar os membros da equipe de arbitragem) pelas palavras ditas após o término do primeiro tempo. Pena – suspensão de um a seis jogos.
243-F do CBJD (Ofender alguém em sua honra) pelas palavras proferidas em entrevista ao se dirigir ao vestiário. Pena – suspensão por quatro a seis jogos e multa entre R$ 100 e R$ 100 mil.