Notícias

Só garotos na estréia

Time titular para o primeiro jogo do Baianão é 100% formado por jogadores vindos da base. Mais velho tem 24 anos. Jogo marca estréia de Vadão.

18 jan 2004 | 09H15

Um Bahia jovem, muito jovem, entra em campo logo mais, às 16h, contra a Catuense, em Catu, na largada do Campeonato Baiano de 2004. A média de idade do time que começa a partida é de pouco mais de 21 anos – todos formados nas divisões de base do clube. Mais velho, o zagueiro Valdomiro tem 24 anos.

A utilização de 100% garotada é forçada, pois o clube ainda não contratou todos os reforços pretendidos para a temporada. O único, o atacante Valdomiro Costa, ainda não está em condições físicas para atuar. Mesmo assim, a oportunidade é encarada como uma chance de outro para quem vai entrar em campo.

“Temos que mostrar nosso valor para provar que temos condições de defender o Bahia, apesar daquilo que aconteceu no ano passado. Motivação é o que não falta para apresentar um bom futebol e conseguir o triunfo”, disse o meia Elias.

Estímulo maior tem o volante Glauciano, que faz sua estréia na equipe profissional do Esquadrão de Aço. “A ansiedade é grande. Busquei esse espaço durante toda a minha carreira aqui no clube. Agora que chegou a hora é manter a cabeça no lugar e mostrar tudo que aprendi por aqui”.

O Tricolor vai jogar com – Márcio; Paulinho, Valdomiro, Neto e Bruno; Glauciano, Cícero, Luís Alberto e Elias; Danilo e Marcelo Nicáccio. A partida marca a estreía do técnico Vadão no Bahia.