Notícias

Sem tempo

Douglas lamenta eliminação, mas já foca no Brasileiro

18 jul 2019 | 17H24

No dia seguinte a eliminação da Copa do Brasil, o goleiro Douglas concedeu entrevista coletiva na sala de imprensa do Fazendão. O jogador lamentou o resultado que tirou o Bahia da Copa do Brasil, mas demonstrou confiança para o restante da temporada 2019.

“A gente sofreu ontem, como nosso torcedor a maioria do povo baiano que estava torcendo pela nossa classificação, mas penso que orgulho do torcedor e desse grupo de fazer parte desses grandes momentos. Não fomo desclassificados na primeira fase, mas nas quartas, em um jogo decidido dos detalhes, como outras partidas da Copa do Brasil. A gente ficou muito triste ontem, mas não pode esquecer tudo que a gente vem fazendo na temporada, o que estamos construindo no Bahia. Entendo que participação na Copa do Brasil faz parte da construção de um Bahia ainda maior, que tem buscado, a cada ano, conquistar, evoluir de forma geral. A gente sofreu ontem. Hoje a gente está muito motivado, já para a sequência do Campeonato Brasileiro. O grupo, de forma geral, tem se mostrado muito desejoso de que a gente volte a jogar rápido, para que a gente consiga nossos objetivos no Brasileirão”, disse.

Sem muito tempo para lamentar, o Esquadrão enfrenta o Cruzeiro já no próximo sábado (20), às 17h, na Fonte Nova. Douglas falou sobre a importância da partida e a experiência do elenco e comissão técnica para superar os momentos difíceis.

“Entendo que a nossa comissão, como nosso grupo, são jogadores experientes, que já passaram por todo tipo de momento na carreira. Sabemos que precisamos nos voltar para nós mesmos, usar do exercício da nossa mente, da nossa cabeça, para que a gente deixe que passem todas as lembranças e pensamentos ligados a essa eliminação. E que a gente se volte para o nosso momento, para produzir o melhor na sequência, depois de amanhã. Estou muito confiante para o jogo de sábado, porque temos um grupo maduro, que sabe lidar com isso. Uma comissão técnica muito experiente. Roger jogou, Paixão é multicampeão. O que a gente tem sentido no ambiente é motivação e desejo de prosseguir, continuar mostrando que somos capazes, nosso bom futebol, e continuar sendo feliz aqui no Bahia”, comentou.

Ouça a entrevista completa:

 

Fotos – Felipe Oliveira/EC Bahia