Notícias

Reverência aos ídolos

Clube presta homenagem aos maiores jogadores de sua gloriosa história. Eliseu e Zé Augusto encabeçam a lista de reverenciados.

18 maio 2005 | 12H47

Darino Sena

Como forma de reconhecer os serviços prestados ao clube e fazer com que feitos memoráveis chegam ao conhecimento de gerações que não os viram brilhar em campo, o Bahia vai homenagear os seus maiores ídolos de todos os tempos.

As homenagens começam neste sábado. Agora, antes de todo o jogo do clube em casa, o Bahia vai entregar a ex-jogadores placas comemorativas e uma camisa atual, oficial da Diadora, personalizada com o número e o nome imortalizados pelos craques.

Os primeiros a receberem as honrarias são o zagueiro Zé Augusto e o meia Eliseu Godoy, no jogo deste sábado, contra o Gama, na Fonte Nova. Ambos brilharam com o manto tricolor nas décadas de 60 e 70. Zé Augusto, que hoje é observador técnico do clube, levantou nove taças pelo Esquadrão. Atualmente comentarista esportivo, Eliseu foi um dos meias de técnica mais refinada a vestir a camisa do Bahia.

Além da camisa e das placas, os ex-jogadores vão receber passe livre do clube para entrarem no estádio sempre que houver jogo do Bahia.

A iniciativa foi idealizada pelo diretor de futebol Bobô e prontamente aceita pelo presidente Marcelo Guimarães. “É o mínimo que podemos fazer por pessoas que deram tantas alegrias à nossa torcida e construíram verdadeiramente a história do nosso clube”, disse Marcelo.

Todas as homenagens vão ser registradas fotograficamente. O Bahia vai expor as fotos, juntamente com o currículo dos ídolos, no seu memorial, no Fazendão, e no eusoubahia.com. Para sugerir os futuros craques homenageados, mande uma mensagem eletrônica para falecomobahia@gmail.com