Notícias

Quarta-feira de bola no Fazendão

Vadão comanda rápido coletivo. Ari e Elias voltam contra Atlético/BA. Alberoni fica no banco.

25 fev 2004 | 19H20

Enquanto os foliões curtiam a ressaca do carnaval soteropolitano nesta quarta-feira de cinzas, o Bahia pegava pesado, trabalhando em dois turnos no Centro de Treinamento Fazendão. Pela tarde, o técnico Vadão comandou o primeiro coletivo da semana. O treino serviu para o treinador esboçar a equipe que deve enfrentar o Atlético de Alagoinhas, domingo, pelo Estadual.

Oswaldo Alvarez pôde contar com as presenças de Ari e Elias no meio. Eles desfalcaram o Tricolor na última rodada. O primeiro, estava suspenso. O segundo, machucado. Outra novidade no time titular foi o ala Elivélton. A defesa foi mantida com o trio formado por Valdomiro, Neto e Leonardo. Márcio é o goleiro, Paulinho o camisa 2, Henrique completa o meio-de-campo, Danilo e Valdomiro permanecem no ataque.

Os titulares venceram os reservas por 2 a 1, com gols de Neto e Valdomiro Costa. “Esse deve ser o time, se não houver nenhum imprevisto”, declarou o treinador, que não pode contar com os meias Glauciano e Luís Alberto, machucados. Em compensação, o meia Alberoni, já regularizado, fica pela primeira vez como opção no banco de reservas.

Nesta quinta e sexta-feira, Vadão deve comandar mais dois coletivos. O último acontece a partir das 15h, no estádio metropolitano de Pituaçu.

Transferências

A diretoria de futebol do Bahia anunciou nesta quarta-feira que cinco jogadores estão se transferindo do clube e não fazem mais parte do plantel para a temporada 2004 – o goleiro Magno, o zagueiro Marcondes, o meia Fábio Costa e os atacantes Ney Mineiro e Kena.