Notícias

Pronunciamento

Elenco profissional pede desculpa à Nação

15 nov 2015 | 10H33

Após o desembarque na capital baiana, no início da manhã deste domingo (15), o elenco profissional do Esporte Clube Bahia realizou um pronunciamento oficial no Fazendão.

Todos os 20 jogadores que viajaram para Minas Gerais, local da partida contra o Boa Esporte, se colocaram à disposição para se desculpar com o torcedor diante da imprensa. O primeiro a falar foi o atacante Kieza, capitão da equipe. “Quero usar poucas palavras para expressar minha tristeza e a vergonha imensa que estou sentindo. É uma ferida que ficará comigo pelo resto da carreira”, lamentou.

O meia Tiago Real, outro atleta presente no pronunciamento, pediu a palavra e ressaltou o trabalho realizado pelo clube durante toda temporada de 2015, apesar do não retorno à primeira divisão.

“Estamos envergonhados pelo fracasso. Por isso, neste momento, peço que tenham cuidado com os meninos da base e nos culpem, os jogadores mais experientes. Não estou aqui para defender ou ficar lambendo ninguém.  Mas eu nunca vi um presidente fazer o que Marcelo realizou neste ano. Em nenhum outro clube vi algo igual”, disse.

Por último, no Esquadrão desde o início da última temporada, o argentino Maxi Biancucchi também solicitou um momento diante das câmeras para, através de palavras, tentar confortar os apaixonados pela agremiação.

“Nós somos os principais culpados. Sabemos da cobrança em cima da diretoria, mas eles realizaram um excelente trabalho. A responsabilidade é toda nossa e estamos chateados por isso”, finalizou.

A ideia de realizar o pronunciamento oficial, já neste domingo (15), partiu de uma decisão dos jogadores.

Assista ao pronunciamento dos atletas: aqui