Notícias

Presidente aceita desafio e coloca reservas no BAvi

Marcelo Guimarães quer mostrar que o Tricolor pode ganhar do Vitória com qualquer time, em qualquer lugar. “Estou certo de que vamos vencer o clássico”.

21 fev 2003 | 16H53

O presidente do Bahia, Marcelo Guimarães, aceitou o desafio feito pelo presidente do Vitória em entrevistas ontem (20/02), às 18h30 na FM Itaparica, e hoje (21/02), no jornal A Tarde. O dirigente do rival afirmou que o Bahia não teria coragem de escalar um time reserva contra o rubro-negro no Barradão, pois o Tricolor tinha certeza que seria derrotado.

Encarando o desafio, Marcelo Guimarães orientou o técnico Gil Sergipano a escalar uma equipe reserva para o clássico Bavi deste domingo, no Estádio Manoel Barradas, pelo Campeonato Baiano de 2003. “Vamos provar a quem duvida que o Bahia tem tradição para vencer o Vitória com qualquer time, em qualquer lugar”.

Guimarães tinha decidido que o Tricolor atuaria com sua equipe principal em todo o Estadual. Gil até já havia divulgado a escalação dos onze titulares para o Bavi, o que foi amplamente noticiado pela imprensa local e nacional. Entretanto, face às declarações do cartola rival, Marcelo Guimarães mudou de idéia e decidiu encarar o desafio lançado pelo dirigente rubro-negro.

O presidente determinou a Gil que escale uma equipe mesclada de juniores e atletas do elenco principal que não vêm atuando como titulares. Seguindo as determinações, o treinador é quem vai escolher a formação que entra em campo. “Confiamos nos atletas que vão jogar. Eles vão provar que têm qualidade técnica para superar o rival na casa deles. Tenho certeza que o Bahia vai sair vitorioso do clássico”, disse Marcelo Guimarães.