Notícias

Por vida nova, Bahia estréia no returno

Tricolor inicia caminhada para manter vivas as esperanças de voltar a ser Campeão Baiano.

02 abr 2006 | 10H24

Darino Sena

Melhorar a imagem perante o torcedor. Fazer valer o mando de campo. Obter a classificação de uma forma mais tranqüila. Cessar as críticas por parte da imprensa. Promover um ambiente mais tranqüilo. Vencer a fase e manter vivas as chances de reconquista do Campeonato Baiano. Enfim, buscando uma vida nova na competição, o Bahia estréia neste domingo no Segundo Turno do Estadual 2006.

O primeiro adversário é o Camaçari, na Fonte Nova, às 17h. Para que tudo que o Tricolor deseja se realize, é imprescindível vencer o time da terra do pólo petroquímico. Isso porque, depois do “camaça”, o Bahia enfrenta uma perigosa seqüência de quatro jogos fora de casa – Colo Colo, Poções, Fluminense e Catuense.

“Só um resultado nos interessa. Não temos o direito de começarmos mal no returno, por tudo que o torcedor vem sofrendo. Claro que temos várias dificuldades, mas não podemos nos concentrar nelas, e sim nas possíveis soluções. Vamos a campo exigindo determinação dos jogadores, luta, atitude e vibração. É o mínimo que se espera de quem veste esta camisa. Não tem desculpa, temos que ganhar”, exigiu o técnico Charles.

O treinador ainda não definiu o time, mas, pelos treinamentos da semana, é muito provável que o Bahia comece o Segundo Turno com a seguinte formação – Marcão; Marcus Vinícius, Josemar, Pereira e Ávine; Marcone, Dudu, Emerson e Didé; Da Silva e Adelino.

O Bahia tem os desfalques do volante Guilherme, machucado, do meia Rafael e do lateral Galego, suspensos.