Notícias

Péssimas recordações

O São Raimundo não gostou nem um pouco da última vez que veio visitar o Bahia na Fonte.

23 abr 2004 | 18H30

O São Raimundo, definitivamente, não guarda boas recordações de sua última atuação no Otávio Mangabeira. É que o time de Manaus foi goleado pelo Bahia por 5 a 0, em jogo de ida das primeira fase da Copa do Brasil de 2000. A partida aconteceu no dia 27 de abril daquele ano.

A grande estrela do Tricolor na época era o centroavante Uéslei, um dos maiores ídolos da história do clube. O “pit-bull”, como era carinhosamente chamado pela galera, guardou dois. Marcos Paulo (2) e Marcio Griggio completaram a goleada.

Do elenco atual, apenas o goleiro Emerson estava em campo. “Foi um jogo bom. Estávamos inspirados naquela noite. Abrimos 4 a 0 no primeiro tempo e, no segundo, administramos o placar e ainda conseguimos fazer mais um. Tomara que sábado a história se repita”, disse o arqueiro.

No jogo de volta, o Bahia foi derrotado por 3 a 1, no Vivaldo Lima, em Manaus, mas garantiu vaga a fase seguinte da Copa do Brasil de 2000.

Confira a ficha técnica do jogo:

Bahia x São Raimundo
27 de abril de 2000

Bahia: Émerson; Clebson, Jean, Válder e Jefferson; Reginaldo, Bebeto, Capixaba e Márcio Griggio (Jorge Wagner); Uéslei e Marcos Paulo (Aldrovani). Técnico: Evaristo de Macedo.

São Raimundo: Naílton; Ademir, Luís Cláudio e Murica (Aroldo); Guara (Donizete), Isaac, Beto, Zedivan e Neto; Marcelo Araxá e Niltinho (Alberto). Técnico: Aderbal Lana.

Local: Estádio da Fonte Nova, às 20h30.
Público pagante: 2.164
Renda: R$13.867,00
Gols: Uéslei, aos 3min, Marcos Paulo, aos 4min, Marcos Paulo, aos 37min, e Márcio Griggio, aos 41min do 1º tempo; Uéslei, aos 12min do 2º tempo.
Cartões amarelos: Isaac, Alberto, Zedivan, Marcos Paulo, Beto, Válder, Jean, Bebeto, Aroldo.
Arbitragem: Jorge Luiz da Silva, assistido por José Elias Gusmão e Gilberto Freire de Lima (trio da Federação Alagoana de Futebol).