Notícias

Péssima arbitragem tira Bicampeonato de juniores do Bahia

Tricolor teve cinco jogadores, o técnico e todo o banco de reservas expulso, e teve que abandonar a decisão do Estadual.

21 jun 2002 | 14H35

Altamente prejudicado pela péssima arbitragem de Aristeu das Mercês Ramos, que expulsou cinco jogadores e todo o banco de reservas do Tricolor, o que fez o jogo terminar aos 33 minutos do segundo tempo, o Bahia acabou perdendo a chance de ser Bicampeão Baiano de Juniores. Nesse contexto, Tricolor foi derrotado por 3 a 0, pelo Vitória da Bahia, no Barradão, na finalíssima da competição, nesta quarta-feira.

O Bahia não foi injustiçado apenas dentro de campo. Fora dele, dirigentes do Clube foram hostilizados e obrigados a sair do camarote reservado no estádio. Até a polícia resolveu usar a truculência contra o Tricolor, cercando o banco de reservas e forçando jogadores e comissão técnica a se retirarem do gramado.

A partida

O jogo transcorria bem até meados da primeira etapa. O Bahia perdia por 1 a 0, jogava de igual para igual, buscando o gol de empate, sem descuidar da defesa, pois podia até perder por um gol para ficar com o título, já que tinha vencido a partida de ida por 3 a 1.

Mas aí Aristeu Ramos resolveu interferir negativamente, marcando um pênalti duvidoso, convertido pelo rubro-negro, e expulsando o zagueiro Alisson, do Bahia.

Mesmo com um a menos, o Tricolor voltou melhor, querendo diminuir a diferença, pressionando o rival. Só que Aristeu Ramos novamente prejudicou o time, ao dar cartão vermelho para Daniel. Em seguida, o árbitro validou o terceiro gol irregular do rubro-negro, pois o autor, Leandro Domingues, estava em completo impedimento.

Por volta dos 30 minutos, jogadores das duas equipes se envolveram numa discussão. O técnico do Bahia, Alexandre Coutinho, ultrapassou a linha divisória da lateral para pedir calma a seus atletas e também acabou expulso, juntamente com todo o banco de reservas e o zagueiro Luís Fernando.

Logo depois, Aristeu Ramos expulsou os tricolores Cícero e Gustavo e, com seis atletas em campo, o Bahia não pôde continuar na partida.