Notícias

“Perseverança”

Rogério Ceni fala sobre o triunfo do Bahia diante do Ceará

07 mar 2024 | 01H17

O técnico do Bahia, Rogério Ceni, conversou com jornalistas após mais um triunfo tricolor, desta vez pela Copa do Nordeste, quando o Esquadrão venceu o Ceará por 2 a 1, no Castelão, em Fortaleza. O treinador destacou os primeiros minutos da partida, e as dificuldades que o Bahia enfrentou até conseguir colocar em prática o seu jogo.

“Nos primeiros 25 minutos, nós tivemos um pouco de dificuldade quando nós abrimos o Jean. E aí foi talvez um erro meu até, abrir o Jean e não deixar ele um pouco mais por dentro. Quando nós abrimos o Thaciano um pouco mais, voltamos pro Jean por dentro, nós começamos a ter mais ações de gol”.

Rogério apontou a perseverança da equipe como principal destaque na partida diante da equipe cearense para conseguir o resultado de virada.

“Acho que o maior destaque é a perseverança pelo resultado, mesmo estando em desvantagem no placar. O time tenta jogar, tenta fazer o seu melhor para buscar os gols e joga sempre com intenção de fazer o gol no adversário, mesmo estando fora de casa”.

O treinador voltou a destacar a rotação feita entre atletas destacando que apesar do desejo de vencer as competições regionais, há uma preocupação com o Campeonato Brasileiro, que começa no mês que vem.

“Temos feito muita rotação para ter condições de jogo a cada três dias. Não há titularidade. Esse é o momento da gente tentar rodar, fazer experimentos e vamos tentar ter o time inteiro sem lesões. É lógico que quero ganhar o Campeonato Baiano, chegar nas finais da Copa do Nordeste, mas não vou destruir um time em detrimento ao Campeonato Brasileiro”,

O treinador ainda destacou o retrospecto do Bahia nos últimos jogos fora de casa, com triunfos seguidos contra Ceará, Juazeirense, CRB e Moto Club, e o fato de que as equipes cearense e alagoana estavam invictas na temporada até enfrentar o Bahia.

“São vários triunfos aqui nesses últimos 13 jogos. E fora de casa, de três em três dias, não é fácil você vir competir. Temos que destacar que viemos de quatro jogos fora de casa e vencendo, com gramados bons, gramados ruins. Há de se valorizar que o Ceará não tinha perdido nenhum jogo, nesse ano, há de se valorizar que o CRB não tinha perdido nenhum jogo”.

O Bahia volta a campo no sábado (9), às 16h, no Estádio Municipal Waldomiro Borges, o Waldomirão, para o primeiro jogo das semifinais do Campeonato Baiano, contra o Jequié.

Foto: Tiago Caldas/EC Bahia