Notícias

Os melhores do melhor

Neto e Paulo César são premiados como artilheiro e goleiro menos vazado do Baianão de juniores.

18 abr 2004 | 01H20

Além do título de Bicampeões Baianos, os jogadores Neto e Paulo César, do Bahia, tiveram motivos a mais para comemorar do que os outros atletas. Eles receberam os principais prêmios individuais oferecidos pela Federação Baiana de Futebol aos destaques do Estadual 2004.

Com 18 gols, Neto foi o artilheiro da competição. Paulo César, que sofreu apenas sete tentos foi o arqueiro menos vazado.

“Fico muito feliz não só pelo prêmio, mas pelo título. Não ia adiantar ser o menos vazado e ficar sem o título. Essa premiação tem um sabor especial para mim, porque recentemente passei por momentos felizes, cheguei a perder a minha vô, mas consegui superar tudo com a ajuda de todos aqui do Bahia. É pra ela que eu dedico o prêmio e o título”, desabafou Paulo César.

“Atacante vive de gol e é muito bom chegar ao fim de um campeonato e ter a sensação de cumprir melhor seu papel do que os outros. Mas se não fossem os passes e cruzamentos dos meus companheiros e a cobrança da nossa comissão técnica, não chegaria aqui. Não sou artilheiro sozinho. Divido tudo com eles”, declarou Neto.