Notícias

Opções a Henrique

Vadão se prepara para possível veto do meia. Allyson tem mais chances de ser o substituto.

24 ago 2004 | 18H50

Darino Sena

O técnico Vadão já estuda opções para a escalação do Bahia caso o meia Henrique seja vetado. O jogador está clinicamente curado de uma entorse no joelho, mas ainda tem receio em realizar certos movimentos e deve ser poupado da partida desta sexta, contra o Brasiliense.

Se o veto for confirmado, está aberta a temporada de caça à camisa 7 do Tricolor. Os candidatos a vestir o manto são o zagueiro Allyson, além dos meias Elias e Glauciano.

Como é tempo de celebração esportiva em Atenas, vamos a uma analogia olímpica. Se estivessem disputando uma corrida no atletismo, poderíamos dizer que Allyson tem alguns décimos de vantagem sobre os demais concorrentes.

É que o zagueiro foi bem no último jogo, contra o Santa Cruz, na Fonte Nova. Só que, caso seja escalado, Allyson desempenha função diferente contra o Brasiliense. Deve atuar na lateral-esquerda.

Com a ida de Allyson para a esquerda, Cícero seria deslocado para o meio, onde formaria o trio de volantes ao lado de Rodriguino e Neto, que voltam após cumprirem suspensão.

“A opção do Allyson é muito boa porque ele é um jogador versátil. Pode começar jogando na esquerda, como atuou várias vezes quando era júnior. Se for necessário, ainda posso modificar o esquema tático, colocando ele para jogar como zagueiro”, disse Vadão.

O técnico deve testar Allyson como lateral e na zaga, no coletivo desta quarta-feira, na Fonte Nova.