Notícias

Nota de esclarecimento

30 nov 2007 | 09H15

Em virtude das declarações proferidas pelo Sr. Raimundo Nonato, superintendente da Sudesb, publicadas na edição de ontem(30/11), do Jornal A Tarde, a diretoria do Bahia encaminhou uma nota oficial ao períodico citado, em resposta às afirmações de Bobô.

Segue abaixo, a nota oficial, na íntegra, assinada pelo Presidente Petrônio Barradas:

A diretoria do Bahia, através do Presidente Petrônio Barradas, lamenta profundamente, mas muito profundamente, as declarações equivocadas, em uma demonstração total de desinformação e desequilíbrio emocional do superintendente da Sudesb,
Sr. Raimundo Nonato (Bobô), que por hora está passando por momentos conturbados.

Logo ele, que dentro de campo, como jogador, esbanjava equilíbrio em suas ações, mas como dirigente, não tem demonstrado esta mesma qualificação e virtude.

O Esporte Clube Bahia, por determinação expressa do seu presidente,
não está fazendo, não vai fazer e não permitirá que se aproveitem do
momento de dor das famílias enlutadas, da comoção e sofrimento da
Nação Tricolor e principalmente, do silêncio daqueles que perderam
suas vidas, por amor ao time do coração, em um acidente trágico,
doloroso e acima de tudo, irreversível.

A inverdade explicitada na entrevista do Sr. Raimundo Nonato,
afirmando que o Bahia não está ao lado do seu torcedor e que
o clube não foi solidário aos familiares dos irmãos tricolores
falecidos, é no mínimo equivocada, para não acreditar que seja tendenciosa.

No mesmo dia do acidente, a diretoria do Bahia decretou três
dias de luto oficial e inclusive, ainda naquela trágica noite, a primeira
mensagem que surgia, ao abrir o site oficial do clube, era
justamente a nota de luto da direção tricolor, redigida pela assessoria
de imprensa, através do jornalista Jayme Brandão e publicada às 23h:00.

O departamento médico do clube, através do vice-presidente, Dr. Marcos Lopes, compareceu ao Hospital para onde as vítimas foram conduzidas, tendo se inteirado da situação dos feridos e até hoje acompanha o andamento dos procedimentos médicos dos acidentados.

Foram providenciadas ações de comparecimento ao sepultamento de todas as vítimas, coordenadas pelo superintendente do clube, professor Enaldo Rodrigues, que designou representantes para o acompanhamento de todos os funerais, nos cemitérios Bosque
da Paz e Quinta dos Lázaros.

O Bahia não se furtará em nenhum momento a prestar apoio aos
familiares dos irmãos tricolores, que certamente, na data de hoje, já
estão ao lado de Deus.

Portanto, não compreendemos, que mesmo por um desequilíbrio, um ser humano, exercendo um cargo de chefia, profira declarações não
condizentes com a realidade dos fatos.

Petrônio Barradas

Presidente do Esporte Clube Bahia