Notícias

Nasceu Para Vencer é lançado

Diretoria de Marketing apresenta série de ações para 2006. Conheça e participe!

13 jan 2006 | 15H38

Darino Sena

O departamento de marketing do Bahia lançou na manhã desta sexta-feira, no Fazendão, o seu planejamento para a 2006, intitulado “Nasceu Para Vencer”. Trata-se de uma série de ações a serem implementadas ao longo da temporada, com a participação direta do torcedor.

As primeiras iniciativas são “Empresário Parceiro”, “Camisa Nasceu Para Vencer” e a moeda comemorativa dos 75 anos. Foi apresentada também, oficialmente, a logomarca do 75º aniversário do Bicampeão Brasileiro.

O “Empresário Parceiro” é uma campanha de estímulo a contribuição de pequenos, médios e grandes investidores. Aqueles que colaborarem com o Tricolor receberão a placa Adroaldo Ribeiro Costa. A homenagem, que leva o nome do compositor do hino do Bahia, foi criada exclusivamente com esta finalidade.

As camisas licenciadas “Nasceu Para Vencer”, com um selo de originalidade, serão lançadas no próximo dia 29. No valor de R$ 25,00, vão ser comercializadas em lojas credenciadas. São 20 mil unidades no primeiro lote. A moeda comemorativa dos 75 anos, banhada a ouro, custará R$ 5,00 e virá acompanhada com um encarte histórico do Tricolor. Inicialmente, serão comercializadas 100 mil moedas.

“Não teremos custos na produção da camisa e da moeda, que serão feitas pela Mega Sport, empresa de marketing esportivo que firmou parceria conosco. Toda a receita será revertida para o nosso departamento de futebol profissional, com prestação de contas mensal através do eusoubahia.com”, explica o vice-presidente de marketing do Bahia, Marco Costa, responsável pela apresentação do projeto à imprensa.

Ao longo do ano, serão realizadas outras ações no sentido de viabilizar uma participação maior do torcedor nas finanças do clube. Vem por aí – a loja oficial do Bahia, a loja virtual, as novas camisas oficiais da Diadora, a camisa Diadora 75 anos, os quiosques de produtos oficiais e licenciados, o cartão de fidelidade “Estrela Tricolor”, contribuição com débito em conta, o novo memorial e o micareta tricolor, festa com a participação de grandes nomes da música baiana. Está prevista ainda a revitalização do quadro social, com a colocação de mais títulos patrimoniais a venda.

Todos os passos do departamento de marketing serão guiados a partir de dados coletados no “Censo Tricolor”, um cadastro de torcedores que será feito através do eusoubahia.com para identificar quantos e quem são os torcedores do Bahia no Brasil e no mundo.

Além dos projetos próprios, o Bahia conta com outras fontes de receitas para 2006, com a cota de TV do Clube dos 13, o título de capitalização Lig Gol, que ainda não foi lançado, e a loteria Time Mania, que passa a funcionar este ano.

Nesta quarta, foi divulgada também a “Sou Bahia, Sou Tricolor”, evento de confraternização a ser realizado em dezembro, onde serão entregues a placa Adroaldo Ribeiro Costa e a comenda Valdemar Costa (primeiro presidente do clube), aos que tiveram altos serviços prestados ao Bahia.

A apresentação desta manhã foi aberta pelo presidente Petrônio Barradas. Ele aproveitou a oportunidade para agradecer o apoio de todos os seus vice-presidentes e chamou a frente aqueles que estavam no CT – Marco Costa, Adhemir Ismerim, Paulo Vieira Lima, Antônio Garrido, Marcos Souza e Ruy Accioly.