Notícias

Médico que participou da recuperação de Ronaldo faz trabalho no Bahia

Numa iniciativa inédita no Brasil, clube traz especialista para efetuar análise hematológica nos jogadores, o que vai ajudar na prevenção e tratamento de contusões.

24 jul 2002 | 17H19

A grande novidade na reapresentação do elenco de futebol profissional do Bahia, realizada na tarde desta quarta-feira, foi a presença do Dr. Alexandre Cosendey, bioquímico farmacêutico mestre em educação física, um dos responsáveis pela recuperação de Ronaldo, o “Fenômeno”, e diretor científico da Bioquímica do Esporte, laboratório especializado em acompanhamento de atletas, localizado no Rio de Janeiro.

Dr. Cosendey vai realizar um trabalho inédito e pioneiro nos clubes de futebol brasileiro. O especialista vai efetuar uma minuciosa análise hematológica de todos os atletas do Bahia. O objetivo é definir o tipo específico de treinamento a que cada um tem que ser submetido, o que, aliado a uma alimentação balanceada e pré-selecionada, vai diminuir a freqüência de contusões e melhorar a qualidade de vida dos jogadores. Desenvolvida pelo Dr. Cosendey, a técnica é chamada de Monitoração Bioquímica-Hematológica de Condicionamento Físico.

“Nosso estudo fornece à equipe técnica o conhecimento dos limites máximos individuais do atleta; permite que ele mantenha suas funções orgânicas em ordem, conduzindo à 100% de sua performance; evita ou minimiza o afastamento para recuperação dos diversos tipos de lesões; detecta patologias em sua fase inicial, muitas vezes ainda sem sintomas clínicos, permitindo um rápido tratamento; prolonga o tempo de vida do indivíduo como atleta e outras importantes ajudas que serão conhecidas no decorrer da monitoração”, disse Dr. Cosendey.

Para gerar o maior número de informações possíveis sobre o metabolismo e avaliar a evolução ao tratamento, os atletas do Bahia vão passar por seis monitorações anuais. Cada uma delas é dividida em três etapas – anamnese, coleta de sangue e laudo. “É a partir da quarta monitoração, em média, que se passa a conhecer, de maneira mais clara, as tendências orgânicas de cada indivíduo, o que aumenta o espectro de possibilidades de contribuição no fornecimento das recomendações”, declarou Cosendey. A segunda etapa da primeira monitoração do Dr. Cosendey com os atletas do Tricolor acontece no próximo dia 05 de agosto.

Carreira de Cosendey

Farmacêutico–Bioquímico pela UFRJ há 27 anos, especialista em Análises Clínicas pela UFRJ e pela Sociedade Brasileira de Análises Clínicas, especialista em Biociências Nucleares pela UERJ, pós-graduado em nível de aperfeiçoamento em Saúde Pública (Sanitarista) pela ENSP/FIOCRUZ, possui os Cursos de Pós-graduação da Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais da Aeronáutica e da Escola de Comando e Estado Maior da Aeronáutica, Mestre em Ciências com enfoque em Fisiologia do Exercício pelo Curso de Pós-graduação em Educação Física da Universidade Gama Filho. Doutorando em educação física (UGF), Coordenador do Laboratório de Bioquímica do Núcleo do Instituto de Ciências da Atividade Física (NUICAF) da Comissão de Desportos da Aeronáutica, Tenente Coronel Farmacêutico da Aeronáutica e Diretor científico do Laboratório Bioquímica do Esporte.