Notícias

Marcelo Guimarães justifica atualização

Presidente aponta aumento de preços de produtos e serviços ligados ao futebol como principal motivo do reajuste e pede compreensão - "reajuste era inevitável".

05 jun 2003 | 19H00

Logo após a entrevista coletiva onde anunciou o reajuste no preço dos ingressos dos jogos do clube na Fonte Nova, após oito anos de congelamento, o presidente do Bahia, Marcelo Guimarães, justificou a decisão.

“O preço antigo estava totalmente fora da realidade financeira atual do clube. Nossa receita de bilheteria, que já chegou a corresponder por mais de 40% do orçamento estava em apenas 13%, sendo que o ideal é 30%. Ainda com a atualização, não vamos chegar ao patamar ideal, mas já damos uma melhorada considerável, uma vez que a participação da receita dos jogos para o orçamento do clube agora deve passar para a casa dos 25%”, disse Guimarães.

O presidente reconheceu o impacto negativo da medida junto aos torcedores tricolores, mas pediu a compreensão de todos. “Nem eu, nem o presidente do Vitória gostaríamos de estar tomando essa atitude, mas ela era inevitável. Nos últimos oito anos, todos o produtos e serviços diretamente ligados ao futebol tiveram um aumento considerável”.

“Além disso, a implementação das medidas exigidas pelo Estatuto do Torcedor, que é algo muito benéfico, também oneraram os clubes. O reajuste é uma questão de sobrevivência para que possamos manter uma equipe competitiva e toda a nossa estrutura física e empresarial. Espero que o torcedor nos entenda, e continue sendo o mais fiel do Brasil”, completou Marcelo Guimarães.