Notícias

Jair: “fenômeno é o exemplo”

Meia quer seguir os passos de Ronaldinho. “Vou voltar a jogar”.

04 jun 2004 | 12H20

“Vou voltar a jogar”. A frase significa muito. Mais que uma opinião, é um desabafo, um sonho, uma meta a ser seguida. Um estímulo. Uma obsessão. Uma vontade, um desejo para o meia Jair. Depois de nove meses parado por causa de uma cirurgia no joelho, o jogador vai deitar na mesa cirúrgica de novo para realizar uma intervenção no mesmo local.

A estimativa é de seis meses para recuperação clínica e mais dois para o recondicionamento físico. Jair encara a cirurgia como mais um desafio na sua carreira.

“Nada é fácil nessa vida de boleiro. Pra chegar até aqui já foi um sacrifício grande. Esse vai ser mais um. Infelizmente, não posso evitar e tenho que ter coragem para encarar a realidade”, disse o jogador, ainda abatido com o que aconteceu.

Jair disse que vai procurar forças no exemplo de Ronaldinho. O “fenômeno” teve que passar por cirurgias semelhantes ao jogado do Bahia, ficou dois anos parado, mas conseguiu retornar aos campos, foi artilheiro da Copa de 2002, e conquistou o título de melhor do mundo.

“Ele teve força de vontade, superação e mostrou ao mundo que é possível se recuperar desse tipo de problema e voltar a praticar um futebol de alto nível. Essa é minha meta”, disse Jair, que vai ser operado na próxima segunda-feira.