Notícias

Força do grupo

Enderson celebra vaga e valoriza elenco

04 out 2018 | 01H45

Na coletiva após a classificação na Copa Sul-Americana, o técnico Enderson Moreira se mostrou fez por avançar de fase, mas ainda quer mais. Para o treinador, o Bahia tem condições de conquistar o torneio continental este ano.

“Fico feliz, mas é uma página em branco ainda. A gente pode escrever. A página está escrita até determinado ponto. Espero que a gente possa ser muito capaz. Um grande adversário pela frente. Espero que a gente possa continuar escrevendo essa página na Copa Sul-Americana, que a gente possa, quem sabe, entregar para o nosso torcedor uma grande conquista nessa temporada”, comentou.

Com alguns desfalques no jogo, Enderson fez questão de elogiar o elenco Tricolor. O técnico lembrou da quantidade de jogos disputados em 2018 e enalteceu a superação do grupo.

“Quem ficou de fora é porque não reuniu condição mínima para iniciar uma partida. O Bahia completa 62 jogos. Enfrentamos o Botafogo, que fez pelo menos dez jogos a menos que a gente. Vamos confrontando com equipes que fizeram menos jogos. Não foi escolha. Tivemos que tomar essa decisão. A gente tinha que entrar com o time mais inteiro possível. O desgaste que esse grupo tem tido. Foi a única equipe da Série A que não teve o período da Copa do Mundo. Não canso de enaltecer a dedicação desses jogadores. Tem hora que eu me surpreendo com a capacidade de correr e superar desafios, que no interior eu achava que talvez não desse. Com o elenco que tem, a gente sabendo usar bem. Hoje, tivemos o retorno do Jackson, que passou por uma cirurgia complicada, assim como o Douglas, o Allione, que não joga há algum tempo. Não canso de enaltecer esse grupo pela capacidade de se superar”, afirmou.

Ouça a entrevista completa: