Notícias

Fazendão vira enfermaria

Cinco jogadores ficaram entregues aos médicos do tricolor nesta terça-feira.

07 maio 2002 | 20H30

Em virtude de problemas físicos, quatro jogadores não participaram das atividades com bola no Bahia nesta terça-feira – o meia Preto, o zagueiro Accioly, o volante Ramalho e o lateral Mantena. Já o goleiro Emerson participou, mas se contundiu. Segundo os médicos, exceto Emerson, todos eles devem participar do coletivo desta quarta-feira.

O capitão tricolor foi vetado para o coletivo por causa de uma leve entorse no joelho direito. Ele passa a tarde desta quarta fazendo fisioterapia, enquanto seus companheiros treinam na Fonte Nova. “Tenho quase certeza que ele se recupera e joga no domingo”, disse o médico Adriano Fonseca.

O médico também está otimista em relação a Preto, que estava com o tornozelo inchado após uma pancada no BA-vi. “Ele não sente dores, está melhorando gradativamente. Amanhã (quarta) ele vai estar bem melhor e será liberado para treinar”, disse Fonseca.

Ramalho voltou a sentir a contusão no joelho que o deixou fora dos treinos na quinta e na sexta-feira passadas. “Trata-se de uma pequena lesão na cartilagem do joelho, que precisa ser tratada com repouso”, afirmou Fonseca, que acredita na presença do atleta no coletivo.

Mantena tem uma “tendinitezinha”, que está sendo tratada à base de gelo e alongamentos. Já Accioly foi poupado por causa de dores musculares. De acordo com Fonseca, ambos estão garantidos no coletivo.