Notícias

Fala, Enderson

Treinador comenta empate com a Chape

19 jul 2018 | 23H14

O técnico Enderson Moreira analisou a performance do Tricolor após o empate em 1 a 1 com a Chapecoense, na noite desta quinta-feira (19), na Arena Condá. Ele começou a entrevista coletiva pós-jogo elogiando a postura da equipe. “O Bahia fez um grande jogo. A gente merecia muito o triunfo. Jogamos para isso, contra uma equipe que dentro de seus domínios é difícil de ser batida. Mas não é um resultado para lamentar. Esse ponto que a gente conquistou pode ser muito importante num campeonato longo como o Brasileiro”, disse.

Enderson comentou que o resultado ajuda a melhorar a confiança do elenco para a sequência da competição. “A gente sabe que a torcida do Bahia é apaixonada e vive o clube diariamente, querendo sempre mais da equipe. Não estamos satisfeitos, mas a gente deu um grande passo hoje. Fizemos uma partida consistente, trabalhando as jogadas… Finalizamos mais, tivemos mais posse. Acho que os números mostram a evolução que tivemos, e contra um time que ainda não perdeu dentro da casa na Série A”.

O treinador falou também sobre o empate do adversário nos minutos finais. “Eles cruzaram muitas bolas na área. Trabalhamos bem o jogo inteiro para evitar, mas essa é uma força que eles têm e foram felizes naquele lance. Mas eu não podia simplesmente recuar a equipe. A gente tentou manter a posse de bola ofensiva e até conseguimos. Eles não nos pressionaram. Foi um lance só que tiveram no segundo tempo, mas faz parte…”, disse.

Por fim, Enderson falou sobre a estreia de Gilberto o o polêmico pênalti sofrido pelo centroavante.

“O Gilberto é um grande jogador e que dispensa apresentações. E temos que destacar também a parceria dele com o Edigar Junio, que conseguiu segurar bem a equipe deles no nosso campo ofensivo. Só que temos que lamentar muito a arbitragem, naquele pênalti que para mim foi claríssimo. O árbitro estava bem posicionado, em frente ao lance. Não sei porque ele não marcou”, finalizou.