Notícias

Estréia ruim

Tricolor joga mal e perde para o Itabuna fora de casa, na largada do Baianão 2006.

08 jan 2006 | 17H22

O Bahia não jogou bem e amargou uma derrota em sua estréia no Campeonato Baiano de 2006. O Tricolor foi derrotado por 2 a 1 pelo Itabuna, no estádio Luiz Viana Filho, na tarde deste domingo. A chance da reabilitação é a partida desta quarta-feira, na Fonte Nova, contra o Juazeiro.

Neste domingo, o time do técnico Luís Carlos Cruz foi surpreendido logo no primeiro minuto do jogo, com um belo gol de Guga, de meia-bicicleta, completando cruzamento da direita.

O Tricolor sentiu o baque, não conseguiu reagir e continuou permitindo chances do Itabuna. Na melhor delas, Nino invadiu a área e tentou de cobertura, mas errou.

Aos 20, Cruz foi obrigado a fazer a primeira substituição. Improvisado na zaga, o volante Jota sentiu dores na coxa e saiu para a entrada do zagueiro Jaílson.

No segundo tempo, outra mudança. O meia-atacante Alexandre Salles entrou no lugar do volante Jair. Com uma marcação mais adiantada, o Bahia melhorou um pouco, passou a ter maior presença na área adversária e chegou ao gol.

O volante Guilherme, que tinha acabado substituir o zagueiro Carlinhos, lançou Rony. Ele se livrou da marcação e chutou no canto. O goleiro ainda tentou, mas não conseguiu segurar e o placar ficou igual em 1 a 1.

Aos 36, o Tricolor teve a melhor chance para a virada, também com Rony. Ele recebeu na área e, mesmo marcado, chutou forte. A bola explodiu no travessão.

Um minuto depois, o Bahia ficou com um jogador a menos em campo, depois da expulsão de Jaílson, que cometeu falta e recebeu o segundo amarelo.

O Tricolor sentiu a falta de um de seus homens do sistema defensivo e tomou o gol aos 40 minutos. A bola foi levantada na área em cobrança de falta e Rondinelli, de cabeça, desviou para o fundo da rede.

CONFIRA A FICHA TÉCNICA DE BAHIA 1X2 ITABUNA