Notícias

Esquadrão vence bem o Itabuna

O tricolor venceu por 3 x 1.

07 fev 2007 | 23H35

Por Jayme Brandão

Depois do triunfo desta quarta-feira, diante do Itabuna, por 3 x 1, o Bahia alcançou a 2ª colocação no campeonato baiano, atingindo uma série de sete jogos invicto.

Os gols tricolores foram marcados por Moré, Fábio e Hebert.

A torcida do Bahia atendeu ao pedido dos jogadores e levou 12.683 torcedores oa estádio da Fonte Nova, apoiando o time do início ao fim.

O JOGO

O técnico Arturzinho manteve o esquema com três atacantes, que deu certo diante do Atlético e na noite desta quarta-feira, o trio Ednei, Moré e Fábio voltou a ser bastante eficiente..

Logo aos 04 minutos, Moré chutou de fora da área, obrigando o goleiro itabunense a praticar grande defesa.

Dois minutos depois, Ávine experimentou de longe e quase fez um golaço.

Aos 12 minutos, o Itabuna chegou, mas o goleiro Paulo Musse, que fazia sua estréia, fez boa defesa.

Danilo Rios deu o troco e mais uma vez, o goleiro colocou para escanteio.

Aos 15 minutos, em uma falta ensaiada do Itabuna, Musse fez outra importante defesa.

Aos 33 minutos, o Esquadrão chegou ao primeiro gol. Maricá cobrou com perfeição uma falta, na cabeça de Moré, que não perdoou e fez Bahia 1 x 0.

Aos 39, Danilo Rios quase amplia, em bela cobrança de falta, mas o goleiro botou para escanteio.

Um minuto depois, Danilo puxou um contra-ataque, tocou para Ednei, que invadiu a área e soltou uma “bomba”, que passou por cima do gol.

Aos 42, Paulo Musse foi outra vez exigido, mas o estreante demonstrou que tem condições de ser dono da camisa nº1 e defendeu o ataque do Itabuna.

No contra-ataque deste lance, Moré recebeu a bola no meio-campo e fez um maravilhoso lançamento para Fábio, passando pelo meio da defesa adversária. Saci ganhou do zagueiro, driblou o goleiro e fez Bahia 2 x 0.

Este foi o sexto gol de Fábio Saci, no campeonato baiano.

Aos 44 minutos, Musse defendeu com a perna, mais uma tentativa do Itabuna.

No fim do 1º tempo, a torcida reconheceu o bom futebol apresentado e aplaudiu a equipe.

No intervalo, Arturzinho fez duas substituições, tirando Ednei e Ávine e colocando Preto e Victor Boleta, respectivamente.

Os dois jogadores que entraram também faziam suas estréias com a camisa tricolor.

Logo no primeiro minuto da 2ª etapa, Maricá chutou de fora da área, levantando a torcida.

Com alguns jogadores habilidosos, o Itabuna conseguiu diminuir o placar, para 2 x 1, depois que Dudu fez um belo gol, quase sem ângulo, em um chute forte.

O meio de campo tricolor perdeu um pouco da criatividade do 1º tempo e para dar mais mobilidade ao setor, Arturzinho colocou Rafael Bastos, na vaga de Danilo Rios.

Aos 17 minutos, saiu o terceiro gol do Bahia, em uma jogada toda construída por estreantes. Preto Casagrande cobrou uma falta na área do Itabuna e o zagueiro Heberto subiu mais que todo mundo e fez Bahia 3 x 1.

Com o placar mais folgado, jogadas de efeito e que agradavam a torcida surgiam a todo instante. Em uma delas, Rafael Bastos deu um bom passe para Moré, que chutou forte, mas a bola passou perto.

Aos 25 minutos, O jogador Peu, do Itabuna, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso.

O Bahia soube administrar a vantagem e encaixava bons contra-ataques, principalmente com Rafael Bastos, Preto e Moré.

Nos instantes finais, Preto fez bela inversão de bola para Victor Boleta, que cruzou na medida para Rafael. o jovem meia tentou pegar de primeira, mas a conclusão não foi boa, evitando o que seria um golaço.

Assim como aconteceu no intervalo, a torcida aplaudiu bastante o time, no fim do jogo e festejou os ídolos Fábio, Moré e Preto.

O tricolor atuou com : Paulo Musse, Maricá, Rogério, Hebert, Ávine(Victor Boleta), Humberto, Fausto, Danilo Rios(Rafael Bastos), Moré, Ednei(Preto) e Fábio.

Depois da partida, os jogadores seguiram para o Fazendão, onde passarão a noite e amanhã, pela manhã, farão um treino regenerativo.

O próximo compromisso do Bahia será no domingo, diante do Vitória, no Barradão, onde o Esquadrão buscará a liderança do campeonato.

Foto: A Tarde Online