Notícias

Esclarecimento sobre a venda do atleta Ananias

A diretoria tricolor esclarece a venda do atleta para a Portuguesa.

25 abr 2012 | 17H02

Em resposta à declaração publicada na edição desta quarta-feira do Jornal A Tarde, atribuída a um dos representantes do atleta Ananias, a diretoria do Esporte Clube Bahia esclarece ao seu torcedor que no início deste ano, após o jogador ter se destacado na Portuguesa, marcando 13 gols e sendo campeão brasileiro da Série B, seus procuradores fizeram uma sondagem informal à diretoria do Bahia, sobre um possível empréstimo no valor de U$ 500 mil dólares para um time da China, mas nenhuma proposta oficial foi apresentada e a negociação não foi nem mesmo iniciada.
 
Com o desempenho de Ananias em 2011, o Bahia estipulou um valor de R$ 1 milhão de reais pelos 50% que detinha do atleta, mas nenhum clube do Brasil e nem do exterior manifestou interesse.
 
No mês de janeiro de 2012, outro empréstimo foi acordado com o clube paulista, que pagou R$100 mil reais pelo novo vínculo, contrato que possuía uma cláusula que dava a preferência de compra dos 50% dos direitos econômicos e federativos do atleta pertencentes ao Bahia, no valor de R$ 500 mil reais, até o dia 30 de agosto, pago na última segunda-feira. A Lusa exerceu este direito e cumpriu o que estava em contrato.
 
Todas as negociações envolvendo o atleta Ananias foram realizadas através ou com a anuência dos seus procuradores, pois sem este aval, não seria possível concretizá-las.
 
A venda dos 50% dos direitos econômicos e federativos de Ananias não teve nenhuma motivação política. Ela foi baseada em uma análise do mercado, estudada com critérios e decidida por entender que era a melhor opção para o clube e também para o atleta, que está totalmente adaptado e feliz na Portuguesa.