Notícias

Empate elimina Bahia da Copa do Brasil

A luta foi grande, mas a equipe não conseguiu evitar a eliminação.

26 abr 2007 | 01H30

Por Jayme Brandão

Com uma Fonte Nova recebendo mais de 50.000 pessoas, o Bahia empatou com o Fluminense, por 2 x 2 e foi eliminado da Copa do Brasil, já que o time carioca marcou mais gols fora de casa.

A equipe do Bahia lutou até o fim, mas não conseguiu evitar a eliminação.

O JOGO

Com a torcida empurrando o time, o Bahia começou o jogo bastante ofensivo e logo no primeiro minuto, Danilo Rios cruzou na área e Moré tentou de peixinho, colocando para fora. Foi o suficiente para incendiar as arquibancadas.

Aos 07 minutos, saiu o gol do Bahia. Danilo Rios fez a jogada na entrada da área e tocou para Emerson Cris, que chutou colocado, no ângulo direito de Fernando Henrique. Bahia 1 x 0.

O jogo estava ótimo para o Bahia, com o placar e uma “nação tricolor”, ao seu favor.

Aos 10, Ávine deu um bom passe para Moré, que girou em cima do zagueiro e bateu forte, pra fora.

Aos 14, Paulo Musse fez grande defesa de um chute forte de Alex Dias.

Aos 22, Danilo Rios bateu uma falta perigosa, mas Fernando Henrique tirou de soco.

Aos 26, o Fluminense chegou ao empate. Escanteio cobrado da direita, Luiz Alberto cabeceou pra baixo e a bola sobrou para Cícero, que empatou a partida.

Quatro minutos mais tarde, Danilo Rios quase marca um golaço, tentando o ângulo esquerdo do gol, mas a bola foi pra fora.

Aos 42, Fausto mandou uma “bomba”, de fora da área, que a zaga do Flu desviou para escanteio.

Com o fim a 1ª etapa, a torcida aplaudiu o time e aguardava o segundo gol.

No intervalo, Arturzinho mudou a equipe, tirando o zagueiro Emerson e colocando Carlos Alberto. Com isso, Marcone foi para a zaga e Carlos assumiu a ala direita.

Aos 10 minutos, o Bahia marcou o segundo. Danilo Rios tocou para Carlos Alberto, que foi na linha de fundo e cruzou para Fábio Saci, marcar de cabeça. Bahia 2 x 1.

A alegria voltou e a torcida cantava nas arquibancadas.

Mas aos 15 minutos, o Flu marcou novamente, em um contra-ataque puxado pela direita, Rafael cruzou e Soares marcou.

Arturzinho partiu pra cima, colocando Rafael Bastos, no lugar de Humberto.

Um pouco mais tarde, Saci saiu machucado e deu lugar a Danilo Gomes.

O jogo ficava dramático e o terceiro gol do Bahia não saia. O nervosismo ia tomando conta dos jogadores, que queriam presentear a torcida com a classificação.

Aos 34, Moré foi puxado na área, mas a arbitragem mandou seguir.

Aos 37, o lateral Rafael foi expulso.

O Bahia tentava de todas as formas, chegar ao gol do Fluminense.

Quase no fim do jogo, Danilo Rios deu um carrinho, cometendo falta. O juiz o expulsou direito, sem dar nem cartão amarelo.

Os últimos minutos foram dramáticos, mas o Bahia não conseguiu marcar o terceiro e foi eliminado pelo Fluminense.

O Tricolor baiano atuou com: Paulo Musse, Marcone, Emerson(Carlos Alberto), Rogério, Ávine, Humberto(Rafael Bastos), Fausto, Emerson Cris, Danilo Rios, Moré e Fábio(Danilo Gomes).

Agora, o Esquadrão concentra suas atenções no campeonato baiano, competição pela qual joga no sábado, contra o Atlético, em Alagoinhas, às 15:00hs.

FICHA TÉCNICA:

BAHIA 2 X 2 FLUMINENSE
Local: Fonte Nova (BA)
Árbitro: Alício Pena Júnior (MG)
Auxiliares: Márcio Eustáquio S. Santiago (MG) e Jair Albano Felix (MG)
Cartões amarelos: Fabinho, Rafael, Emerson, Fábio Saci e Rafael Bastos.
Cartões vermelhos: Rafael e Danilo Rios
Público pagante: 47.074
Gols: Emerson Cris (8m/1o), Cícero (25m/1o), Fábio Saci (10m/2o) e Soares (15m/2o)

BAHIA
Paulo Musse, Marcone, Emerson (Carlos Alberto), Rogério e Avine; Humberto (Rafael Bastos), Fausto, Emerson Cris e Danilo Rios; Moré e Fábio Saci (Danilos Gomes).
Técnico: Arturzinho

FLUMINENSE
Fernando Henrique, Rafael, Thiago SIlva, Luiz Alberto e Junior César; Fabinho, Arouca, David (Romeu) e Cícero; Alex Dias (Carlinhos) e Rafael Moura (Soares).
Técnico: Vinícius Eutrópio

Amanhã, o elenco se reapresenta no Fazendão, às 09:00hs, treina, é liberado e inicia a concentração às 23:00hs.

Foto: A Tarde Online