Notícias

Empate

Time de Transição sofre empate nos acréscimos do segundo tempo

02 fev 2020 | 18H06

Em partida movimentada, o Time de Transição empatou com a Jacuipense, em Pituaçu, pelo placar de 1 a 1 e está agora na segunda colocação do Campeonato Baiano, com 8 pontos ganhos de 12 disputados. O gol do Bahia na partida foi marcado por Ignácio, de cabeça, ainda na primeira etapa. Popó marcou para o adversário nos acréscimos da etapa final. Confira como foi.

O Bahia começou a partida com tudo, mostrando muita imposição. Logo aos três minutos, teve sua primeira chance, quando Fernandão escorou de cabeça uma cobrança de lateral e Gustavo chutou de primeira no centro do gol.

Aos seis, mais um belo pivô feito por Fernandão, dessa vez passando para Arthur Rezende, que soltou um petardo de fora da área, obrigando o goleiro Jordan a fazer ótima defesa, cedendo o primeiro escanteio da partida ao Tricolor.

Na cobrança, outra chance clara, no rebote, quando Gustavo fez Jordan realizar mais uma defesa difícil. Depois disso, o jogo esfriou, mas com o Esquadrão ainda ditando o ritmo e tendo as melhores chances da partida.

A primeira chance da Jacuipense foi com 19 minutos de partida, com Danilo Rios, ex-Bahia, que completou um contra-ataque com um chute cruzado, que saiu pela linha de fundo sem muito perigo.

Com 30 minutos, após boa roubada de bola no setor ofensivo, o Bahia voltou a levar perigo para o gol da Jacuipense: Alesson chutou no cantinho e Jordan foi buscar mais uma, com dificuldade.

O primeiro cartão amarelo da partida saiu aos 34 minutos, quando Eudair, volante da Jacuipense, matou contra-golpe do Bahia acintosamente e foi advertido. Na sequência, o Tricolor teve sua melhor chance na primeira etapa, novamente com Gustavo, que deu belo corte seco dentro da área e chutou cruzado, tirando tinta da trave adversária.

O gol tricolor finalmente veio, aos 37, quando Arthur Rezende cobrou escanteio na cabeça do zagueiro Ignácio, que não perdoou. 1 a 0 Bahia. Na comemoração, o defensor homenageou a esposa, que está grávida.

A segunda etapa começou com mudança na Jacuipense. Saiu Robinho e entrou Thiaguinho. Mesmo assim, o Bahia que seguiu em cima. Com apenas um minuto na segunda etapa, Fernandão balançou as redes, mas o gol do camisa 9 foi bem anulado pela arbitragem.

Aos três minutos, o Esquadrão teve mais uma chance, dessa vez na bola parada. Arthur Rezende bateu falta próxima da área, mas a bola encobriu a meta de Jordan.

Aos 10, nova chance de Arthur Rezende. Ramon e Lepo fizeram boa triangulação pela direita, o camisa 10 encontrou Arthur, que chutou mas foi bem abafado pelo goleiro Jordan.

O primeiro amarelo para o Bahia saiu aos 11 minutos do segundo tempo, quando Ignácio matou um contra-golpe da equipe adversária.

A Jacuipense fez sua segunda mudança aos 16. Saiu Danilo Rios e entrou Rafael Bastos, mais um formado nas divisões de base do Esquadrão de Aço.

A melhor chance da Jacuipense veio com Thiaguinho, que driblou Anderson e chutou na rede pelo lado de fora, assustando a torcida tricolor.

Dado Cavalcanti mexeu na equipe do Bahia pela primeira vez aos 19, quando sacou Fernandão, muito aplaudido pela torcida e colocou Saldanha. O camisa 18 entrou com muita sede de jogo e na sua primeira jogada, fez bom drible e quase marca mais um.

O jogo esfriou e aos 28, Dado fez mais uma mudança: Caio Mello no lugar de Arthur Rezende, que também foi muito aplaudido pela torcida. A Jacuipense fez sua última substituição logo depois, quando Elias entrou no lugar de Eudair, que tinha amarelo.

Já o Bahia, só fez sua última mudança aos 36. Alesson, também aplaudido, deixou o campo para a entrada de Fessin, com a camisa 20.

Aos 38, após linda jogada de Ramon, Railon, zagueiro adversário, fez falta dura e levou amarelo. Na cobrança, Caio Mello acertou a barreira duas vezes. No segundo rebote, Edson deu belo corte mas chutou para fora, passando perto da trave. Aos 41, a Jacuipense teve sua melhor chance na partida com Elias, que cabeceou para fora, de muito perto da meta do goleiro Fernando.

Quando o triunfo parecia certo, a Jacuipense cresceu e marcou, aos 46 da segunda etapa, com Popó, finalizando no contrapé do goleiro tricolor e jogando um balde de água fria na torcida. Depois disso, o jogo seguiu amarrado até o apito final.

O Time de Transição só volta a campo daqui a uma semana, no dia 9, quando vai enfrentar o Jacobina, fora de casa, às 16h.