Notícias

Dores dificultam situação de Henrique

Médicos mudam previsão e meia deve mesmo desfalcar o Tricolor contra o Santa Cruz.

18 ago 2004 | 14H13

Darino Sena

No início da semana, os médicos do Bahia estavam otimistas e acreditavam que o meia Henrique pudesse voltar ao time neste sábado, contra o Fortaleza. Mas, nesta quarta, a confiança deu lugar ao pessimismo. Tudo por causa de dores que insistem em incomodar o jogador.

Henrique começou treinando normalmente, com o restante do grupo, na manhã desta quarta. Mas pediu e teve que sair mais cedo por causa das insistentes dores no joelho, onde, há cerca de 10 dias, sofreu uma entorse.

Imediatamente, o jogador começou a fazer tratamento com gelo e vai ser poupado das atividades pela tarde. Nesta quinta, antes do coletivo na Fonte Nova, volta a ser avaliado. Mas os médicos adiantam – suas chances são mínimas.

“O Henrique está inseguro. Não sente firmeza para entrar numa dividida ou chutar com força. Tudo isso porque a dor não passa. Vamos acompanhar a evolução do estado clínico até amanhã (quinta). Mas acho difícil que seja liberado”, disse o Dr. Adriano Fonseca.