Notícias

Divisão de Base vem dando frutos ao time profissional

Na partida contra o Camaçari, oito jogadores relacionados saíram da Base

01 mar 2012 | 08H23

A cada dia a Divisão de Base do Bahia tem revelado mais jogadores para a equipe profissional. Na goleada de 5 a 1 no Camaçari, no Estádio de Pituaçu, oito jogadores relacionados começaram no tricolor.
 
Os dois goleiros do Esquadrão no jogo saíram dos gramados do Fazendão. Omar, que foi peça importante na Série B de 2010 e Renan, que foi vice-campeão da Copa São Paulo de Juniores em 2011.
 
Na lateral, Madson também fez parte do grupo vice-campeão da Copa São Paulo. Já o volante Lenine, foi campeão baiano de juniores em 2010, assim como o atacante Gabriel e o meia Vander, que jogou a temporada 2011 emprestado ao Flamengo.
 
O meia Magno começou a carreira na divisão de base do Bahia em 2004.
 
Já o volante Filipe fez sua estreia na equipe profissional contra o time do Pólo. O atleta é titular absoluto do juniores, onde já marcou quatro gols no Campeonato Baiano da categoria.
 
Além desses oito jogadores, treinam na equipe profissional o goleiro Bruno, o zagueiro Dudu, os meias Fábio e Paulinho e o atacante Rafael, que já marcou oito gols em 20 jogos pelo time principal.
 
O técnico Paulo Roberto Falcão comentou, na entrevista coletiva após o jogo contra o Camaçari, a importância dos jogadores formados na base para o time profissional.
 
"Eu fico mais preocupado em que eles tenham tranquilidade para jogar. Eu gosto de dar chance, mas acho que tem que dar chance com cuidado para eles não serem queimados. Temos que ter cuidado, porque são garotos e é isso que temos que trabalhar. Usar a base quando for possível e quando é possível, a gente usa", falou.