Notícias

Desafio

Presidente faz cobrança à Nação Tricolor

12 jul 2015 | 11H26

Anunciada na noite de terça-feira (7) após o triunfo sobre o Paysandu, a permanência do atacante Kieza foi oficializada e detalhada em evento na tarde desta sexta, na churrascaria Boi Preto, em Salvador. A renovação contratual somente foi possível graças à Canaã Alimentos, parceira do Esquadrão de Aço.

O presidente Marcelo Sant’Ana aproveitou a ocasião para lançar um desafio à Nação Tricolor.

“Tem sete meses que estou no clube e eu era cobrado para renovar com Kieza, sou cobrado para pagar o salário em dia, sou cobrado para o Bahia ser campeão, sou cobrado para o Bahia subir. Então, eu queria fazer uma cobrança também para o torcedor: quero saber quantos sócios eles são capazes de botar no Bahia”.

“Quando eu assumi, em janeiro, a gente tinha pouco mais de 4 mil sócios em dia, hoje tem 7 mil e, se o Bahia terminar o ano com menos de 20 mil eu estarei frustrado; Sempre escuto que o Bahia tem 4 milhões de torcedores e lá nas contas do clube a gente só tem 7 mil adimplentes.  Esse número não condiz com a torcida do Bahia. Então, eu quero que o torcedor me prove que ele é realmente fiel ao Bahia sendo sócio do clube”.

Sant’Ana e o restante da diretoria azul, vermelha e branca encerraram o evento trajando a nova camisa “K-9”, que será colocada à venda para a torcida, ao lado do proprietário da Canaã, Evilásio Souza, que não escondia a felicidade e o orgulho de ajudar o time do coração.

Ouça aqui os discursos feitos pelo presidente, pelo diretor de futebol Alexandre Faria e por Evilásio.

Kieza também falou. “Espero continuar no Bahia por muitos anos. Quero fazer história neste grande clube, bicampeão brasileiro, que tem uma torcida maravilhosa. Tive várias outras propostas, mas dei minha palavra desde o começo”, disse o camisa 9. Ouça a entrevista coletiva do atleta aqui.

Seja sócio ou fique em dia: www.sociodobahia.com.br.

Galeria de Fotos