Notícias

Departamento Médico quer zerar

Objetivo da equipe do Dr. Marcos Lopes, Chefe do Departamento Médico do Bahia, é não ter um jogador sob tratamento até o início da segunda fase da série B do Campeonato Brasileiro.

05 set 2004 | 12H57

O lateral-esquerdo Bruno e o ala-esquerda Elivélton já deixaram o Departamento Médico do Bahia e estão realizando o trabalho de fisioterapia para voltarem aos treinamentos físicos no Centro de Treinamentos do Fazendão. Bruno, que operou a clavícula, está numa fase de recuperação bastante adiantada, e deve ficar à disposição do técnico Vadão para os jogos do primeiro quadrangular decisivo da Série B do Campeonato Brasileiro.

O lateral-direito Flavinho e o meia Igor já foram liberados pelo Departamento Médico do Bahia e estão na fase de recondicionamento com o Departamento Físico, com os professores Jorge Lago e Luisinho Gomes. Mas os dois jogadores ainda não entram nos planos da Comissão Técnica para o próximo jogo do Bahia pela 21ª rodada da Série B, contra o Caxias, dia 11, na cidade de Caxias do Sul, no interior gaúcho.

O atacante William, que jogou pela Taça Estado da Bahia porque estava suspenso pela 3ª advertência do cartão amarelo, sofreu dois cortes na boca no jogo preliminar de sábado, contra o Ipitanga. O jogador foi atendido pelo Dr. Adriano Fonseca e levou quatro pontos no local atingido.