Notícias

“Companheiros” Tricolores homenageiam Lula

Presidente eleito tem nome gritado em coro pela torcida do Bahia antes do jogo com o Santos.

31 out 2002 | 01H50

A onda vermelha da esperança que tomou conta do país e fez o povo brasileiro eleger Luís Inácio Lula da Silva o novo presidente do Brasil ecoou também na Fonte Nova. Nesta quarta-feira, antes do início da partida entre Bahia e Santos, os 41 mil torcedores presentes ao estádio resolveram homenagear o novo comandante do país, e gritaram, em coro – olé, olé, olá, Lula, Lula…

A homenagem começou tímida, num grupo restrito de torcedores. Mas a euforia foi tomando conta da galera e, em pouco tempo, o estádio inteiro saudava o novo presidente.

Não era difícil prever que a torcida do Bahia estava preparando uma homenagem para Lula. Afinal, Salvador foi a cidade onde o novo presidente teve a maior votação em termos percentuais – 89, 4%, ou seja, mais de 1 milhão de votos, contra 120 mil de seu adversário, o senador José Serra.

Salvador é tradicionalmente reconhecida como uma cidade “companheira”. Na capital baiana, Lula teve a maioria absoluta dos votos nas três eleições presidenciais que tinha disputado anteriormente, em 1989, 1994 e 1998.

Sendo assim, os “companheiros” torcedores do Bahia só fizeram demonstrar nas arquibancadas o que há muito tempo vem fazendo nas urnas.

Além do mais, Lula é o primeiro presidente do Brasil oriundo das camadas populares, como a maioria esmagadora dos torcedores do Bahia – outra explicação para a identidade do líder com a Nação Tricolor.