Notícias

Candinho: “já vi esse filme”

Técnico lamenta o fato do Tricolor dominar jogo com o bugre, mas perder muitos gols.

10 nov 2002 | 19H15

O Bahia domina o jogo, pressionando o adversário até o fim, cria várias oportunidades de gol, mas as perde e não consegue vencer. Essa vem sendo uma incômoda máxima do Tricolor neste Campeonato Brasileiro.

Contra o Guarani, na tarde deste domingo, em Campinas, infelizmente, não foi diferente. O Bahia conseguiu um bom resultado, o empate em 1 a 1, que tirou o clube da zona de rebaixamento. Mas as várias chances perdidas irritaram o técnico Candinho. “Eu já vi esse filme antes. A gente cria, domina o jogo, mas chega na cara do goleiro e perde cada gol inacreditável”, desabafou o treinador.

Para Candinho, o Bahia teve amplo domínio do jogo, a partir segundo tempo. “O primeiro tempo foi de equilíbrio, o Guarani só foi melhor no finalzinho, chegou a assustar, mas nós neutralizamos bem. Agora, no segundo, só deu Bahia”, declarou.

Próximo jogo

Para a próxima partida, contra o Corinthians, quarta-feira, na Fonte Nova, o Bahia tem os reforços do lateral Daniel, do meia Geraldo e do atacante Robgol, artilheiro do time no Brasileirão, com 8 gols – eles estavam suspensos contra o Guarani.

Como o Tricolor precisa dos três pontos para exorcizar de vez o fantasma do rebaixamento, a diretoria do clube deve colocar à venda a carga máxima de ingressos para a partida com o timão – 66 mil.