Notícias

Cabeça erguida

Garotada sub-17 orgulha torcida na Copinha

21 jan 2016 | 14H21

A Nação Tricolor pode se orgulhar da campanha do Bahia na Copa São Paulo de Futebol Júnior. Com um grupo mais jovem do que o dos adversários, o Esquadrãozinho chegou até as quartas de final da competição e foi eliminado somente nas penalidades máximas.

“Treinamos bastante e nosso time lutou até o fim. Jogamos com equipes mais velhas que a gente, mas infelizmente saímos nos pênaltis”, disse o goleiro Deijair, um dos destaques do time no torneio.

Artilheiro da Copinha até aqui, com oito gols, o centroavante Geovane Itinga também valorizou a jornada azul, vermelha e branca em São Paulo. “Temos que trabalhar ainda mais e levantar a cabeça. Mas também temos que estar muito orgulhosos dessa campanha. Dava para chegar mais à frente, mas assim é o futebol”, falou o camisa 9.

O técnico Edson Fabiano destacou a coragem da diretoria em levar um time juvenil para o maior campeonato de base do país.

“Os garotos foram heroicos. Disputar uma competição desse nível, com uma equipe sub-17 e com menos um em campo. E ainda conseguir a virada (diante do América-MG, nesta quarta-feira)… O Bahia sai vitorioso dessa competição por tudo que fez. É muita coragem trazer uma equipe sub-17 para uma competição desse nível. Todos estão de parabéns, principalmente a diretoria, que foi muito corajosa. O caminho é esse. O futebol tem que valorizar a base e ter convicção no que faz”, comentou o comandante.

Em sete jogos, o Esquadrãozinho somou quatro triunfos, dois empates e uma derrota. O ataque marcou 22 gols e a defesa sofreu 10.

Campanha:
Bahia 5×0 Desportivo Aliança-AL
Bahia 5×3 Sabiá-MA
Bahia 0x1 Taubaté
Bahia 4×1 Desportiva Paraense
Bahia 4×1 Araxá-MG
Bahia 2×2 Flamengo
Bahia 2×2 América-MG

Artilheiros:
Geovane Itinga (8)
Felipinho (4)
Max (3)
Cristiano e Edimundo (2)
Alisson Borges, Dourado e Júnior (1)