Notícias

Bobô lamenta “erros fáceis”

Treinador vê evolução na equipe, mas fica na bronca com a defesa.

20 mar 2003 | 00H09

Os “erros fáceis” na defesa foram apontados pelo técnico Bobô como causas do empate do Bahia contra o CFA/RO, em Rondônia, nesta quarta-feira, pela Copa do Brasil 2003. O empate evitou a classificação o Tricolor à próxima fase, forçando a realização de um jogo na Fonte Nova para definir quem passa à etapa seguinte da competição.

“Nossa equipe cometeu erros fáceis na defesa. Tomamos um gol bobo nos acréscimos do primeiro tempo e outro aos 50 minutos da etapa final, em lances absolutamente evitáveis. Lamento o resultado porque o jogo estava na mão”, desabafou o treinador. “Vamos ter que trabalhar muito para não permitir que falhas como essa ocorram novamente”.

Apesar da bronca com a defesa, Bobô viu avanços na equipe com relação a seu primeiro jogo no cargo, na última quarta-feira, na goleada de 4 a 1 sobre o Atlético/PB, na Fonte Nova.

“Houve avanços sim. O time foi mais organizado, criou mais situações de gol. Gostei muito da nossa movimentação ofensiva. Marcamos três gols na casa do adversário, o que é muito importante. Do meio para frente, fomos muito bem. Agora é melhorar a defesa”, analisou Bobô.