Notícias

Bobô: “pressão não atrapalha”

Treinador confia no trabalho e na capacidade do grupo para reverter situação. Chamusca garante tranqüilidade.

21 abr 2003 | 14H20

O técnico Bobô tem consciência do tamanho da insatisfação da torcida do Bahia após a derrota para o Atlético/MG, na Fonte Nova, contudo, a pressão, segundo ele, não atrapalha o andamento do trabalho.

“Claro que é uma situação que não gostaríamos de estar passando, mas ela existe e temos que trabalhar para superá-la. Tenho consciência que nosso grupo tem capacidade para isso e que a situação é absolutamente reversível. A pressão não atrapalha e, mesmo com ela, vamos conseguir superar as dificuldades e dar a volta por cima. Só assim reconquistaremos a confiança do nosso torcedor”, disse Bobô.

Bobô garantido

Tranqüilidade para exercer a função Bobô está tendo por parte da diretoria do Tricolor. Na manhã desta segunda, após a reapresentação do elenco, o gerente de futebol Marcelo Chamusca tratou de colocar um ponto final nas especulações sobre a saída do treinador.

“O Bobô tem a confiança total, não só minha, mas como do presidente Marcelo Guimarães e de toda a diretoria, de forma que continua no comando técnico do Bahia, normalmente, e continua com total autonomia”.