Notícias

Bebeto revê a filha

E diz que quer marcar gol para ela. Marcela tem 3 anos e mora em Brasília.

27 ago 2004 | 15H06

De Brasília,
Darino Sena
Texto e foto

Independente do resultado da partida de logo mais, contra o Brasiliense, esta sexta-feira já foi um dia especial para o atacante Bebeto. No Eron Hotel, onde o Tricolor está hospedado, o jogador recebeu a visita da pequena Marcela, de 3 anos, sua filha.

Marcela mora com a mãe, na capital federal, e não via o pai há dois meses. “Essa vida de boleiro acaba afastando a gente das pessoas que mais amamos. É o ônus que se paga por exercer a profissão”.

“Tenho que aproveitar essas coincidências para poder ver minha filha, curtir ela um pouquinho e, principalmente, paparicá-la muito”, brincou Bebeto.

Marcela viveu um dia de mascote no hotel, e não foi paparicada apenas pelo pai, mas por jogadores, comissão técnica e até hóspedes.

“Ela é muito esperta, atenciosa e carinhosa com todos. E pé-quente também”, garantiu o orgulhoso pai, que se despediu de Marcela após o almoço. “Espero poder entrar na partida e marca um gol para dedicar a ela”.