Notícias

Base em alta

Bahia usou 18 novos pratas da casa no ano

02 dez 2015 | 15H10

A temporada 2015 terminou, porém, para uma série de atletas formados nas categorias de base do Esporte Clube Bahia, foi apenas o pontapé inicial de uma longa carreira de jogador profissional.

Somente neste ano, dentro da nova filosofia do departamento de futebol, 18 jogadores foram testados em pelo menos uma partida oficial do Tricolor de Aço. O recorde de utilização de atletas formados no clube aconteceu na Copa do Brasil, contra o Luverdense, em Lucas do Rio Verde. Nove atletas oriundos da base estavam em campo como titulares, sendo 4 deles lançados ao profissional na temporada.

numerosjogadoresbase_graficoartilhariaassistencia

De acordo com os números do Dade (Departamento de Análise de Desempenho), em apenas uma ocasião o Esquadrão teve menos de 6 jogadores da base relacionados para um jogo oficial. A média da temporada, segundo a pesquisa, foi de 10 atletas por partida.

O relatório sobre a presença de atletas da base no time profissional também cita a quantidade de jogos de cada um. Quem mais defendeu as cores do Esquadrão no ano foram Yuri (38), Robson (41) e Rômulo (46). E o camisa 10, ao lado de Zé Roberto, também liderou os rankings de gols marcados e assistências.

Apenas dois garotos testados em 2015 não terminaram a temporada no Fazendão. Os atacantes Luan e Mateus foram emprestados para Palmeiras e Omiya Ardija, do Japão, respectivamente.

numerosjogadoresbase_graficominutos

Confira a lista:

Goleiro: Jean
Laterais: Hayner, Carlos, Patric, Vitor
Zagueiros: Rodrigo, Robson
Volantes: Sávio, Éder, Gustavo Blanco, Yuri
Meias: Juninho
Atacantes: Mário, Luan, Rodrigo Rodrigues, Alexandro, João Leonardo, Mateus