Notícias

Bahia sai do Estadual com triunfo

Tricolor venceu Palmeiras por 1 a 0, em Feira de Santana, com gol de Nonato.

12 jun 2002 | 22H23

O Bahia venceu o Palmeiras/NE, na noite desta quarta-feira, por 1 a 0, em seu último jogo na fase classificatória do Super Campeonato Baiano de 2002. A partida foi realizada no estádio Jóia da Princesa, em Feira de Santana. O gol do triunfo foi marcado pelo artilheiro Nonato.

O Tricolor não tinha mais chances de classificação e acabou com o sonho do Palmeiras de chegar à final. Depois do jogo, os atletas do Bahia entraram de folga e só se reapresentam no próximo dia 19, quando iniciam os preparativos para a Copa dos Campeões.

O jogo

A partida começou com o Palmeiras tomando a iniciativa ofensiva, afinal, o time da casa ainda tinha esperanças de chegar à final, ao contrário do Bahia.

A melhor chance do alvi-verde aconteceu aos 17 minutos – Serginho interceptou cruzamento para a área e cabeceou no cantinho, mas Emerson fez uma defesa espetacular.

Errando muitos passes e com dificuldades em armar contra-golpes, o Tricolor só conseguiu assustar o goleiro adversário aos 27 minutos, com Sérgio Alves, que chutou forte, colocado, de fora da área, para uma grande intervenção de Vanuca.

O lance marcou o crescimento do Bahia na partida. O Tricolor saiu da retranca e partiu em busca do gol. Aos 34 minutos, Bebeto lançou para Robgol na área. Ele cabeceou, a bola desviou na zaga e sobrou limpa para Daniel, que chutou para fora.

Jogando para frente, o Bicampeão do Nordeste chegou ao gol por volta dos 39 minutos. Sérgio Alves enfiou bola perfeita para Robgol, na ponta esquerda. O atacante avançou e cruzou na cabeça de Nonato, que não perdoou, meteu a cabeça nela e fez seu oitavo gol no Super Baianão 2002.

O segundo tempo começou com o Palmeiras em cima. Logo no primeiro minuto, Dentinho acertou um belo e potente chute de fora da área, mandou a bola no ângulo – Emerson voou e fez milagre.

O lance foi o reflexo do que aconteceria no segundo tempo – o Palmeiras pressionando e o Bahia se defendo. Para não ser surpreendido pelo adversário, o técnico Bobô chegou a colocar quatro zagueiros em campo, com as entradas de Jean Elias e Valdomiro nos lugares, respectivamente, do meia Capixaba e do lateral Daniel.

A retranca do Tricolor acabou dando resultado e o time voltou a vencer após quatro jogos sem somar três pontos.