Notícias

Bahia perde clássico da Fonte Nova

O Bahia perdeu por 4 x 2.

11 mar 2007 | 21H00

Por Jayme Brandão

O cenário estava todo favorável ao Bahia, com uma Fonte Nova lotada, coma mais de 45.000 pagantes e a maioria dos torcedores presentes ao seu favor.

Mas a tarde não foi do Esquadrão de Aço, que acabou sendo derrotado pelo Vitória, por 4 x 2.

O JOGO

Logo no primeiro minuto do jogo, Carlos Alberto chutou cruzado e a bola passou na frente do gol rubro-negro, mas ninguém apareceu para marcar.

Aos cinco minutos, Moré deu um excelente passe para Fábio Saci que mandou a bola na trave, levantando a galera tricolor.

Um minuto depois, o Vitória chegou ao seu primeiro gol, em uma bola cruzada na área, Índio dominou e marcou. Vitória 1 x 0.

Aos 11 minutos, Fábio tocou para Moré, que chutou forte e o goleiro Emerson defendeu em dois lances.

As duas equipes duelavam pela posse de bola, no meio campo e as chances diminuiram.

Aos 45, o Vitória encaixou um contra-ataque e a bola passou perto do gol de Paulo Musse, depois que foi chutada por Jackson.

Na volta do intervalo, o técnico Arturzinho apostou na mesma equipe que começou a partida.

Logo aos 03 minutos, mais um gol rubro-negro. Bida chutou forte, a bola “explodiu” no peito de Paulo Musse e sobrou para Índio marcar o segundo. Vitória 2 x 0.

Para piorar a situação, Fábio Saci se envolveu em uma confusão com os jogadores do Vitória e foi expulso.

Arturzinho começou a mudar o time, colocando Ednei, no lugar de Rafael Bastos.

Aos 08, Emerson fez boa defesa, do chute de Fausto.

Artur mudou novamente, tirando Fausto e colocando Danilo Rios.

As duas substituições surtiram efeito e o Bahia cresceu na partida.

Aos 20, Moré foi derrubado por Vanderson, dentro da área. Pênalti marcado e cobrado com perfeição por Moré, diminuindo a vantagem rubro-negra.

Aos 35, Carlos Alberto fez um bom cruzamento e mais uma vez, Moré marcou, de cabeça, para delírio da torcida tricolor, que começou a acreditar no triunfo.

Carlos Alberto saiu machucado e Marcone entrou no seu lugar.

Quando a partida parecia caminhar para o empate, Índio, que estava em uma tarde inspirada, mandou um forte chute de fora da área e marcou o terceiro. Vitória 3 x 2 Bahia.

Já nos acréscimos, o Bahia teve uma falta ao seu favor e boa parte da equipe foi para área, para tentar o empate, mas no contra-ataque, o Vitória marcou o quarto gol, através de Bida, dando números finais ao BA-VI.

O Bahia atuou com : Paulo Musse, Carlos Alberto(Marcone), Josemar, Hebert, Victor Boleta, Humberto, Fausto(Danilo Rios), Preto, Rafael Bastos(Ednei), Fábio e Moré.

Mesmo perdendo, o Bahia continua isolado na vice-liderança do campeonato baiano com 28 pontos.

O Esquadrão volta a jogar, pelo certame regional, no próximo domingo, contra o Itabuna, na casa do adversário.

Antes disso, o tricolor encara o Goiás pela Copa do Brasil, na Fonte Nova, às 21:45hs.

Amanhã, o elenco tricolor se reapresenta no Fazendão, às 09:00hs.