Notícias

Bahia pede apoio a TORCIDA

Jogadores e técnico explicam importância dos tocedores no embate com o timão e convocam a galera!

12 nov 2002 | 10H30

Todos no Bahia sabem da importância de jogar muita bola pra vencer o Corinthians, nesta quarta-feira na Fonte Nova. Mas todo mundo concorda também que um fator extra-campo vai ser fundamental para que o objetivo seja alcançado – a Torcida Tricolor.

“O nosso torcedor vem sempre sendo decisivo em nossas partidas e desta vez ele vai ser mais decisivo ainda. A gente precisa vencer e quanto mais gente ajudando melhor”, disse o lateral-esquerdo Calisto.

Calisto está certo quando afirma que os torcedores tricolores vêm sendo decisivos neste Brasileirão. Das sete vitórias do Bahia no certame, seis foram obtidas em casa, em grande parte graças a presença dos 210.613 torcedores nos jogos do clube no certame, proporcionando ao Tricolor uma das melhores médias de público do Nacional – 19.146 pessoas.

É por isso que o técnico Candinho também endossa o coro que pede a presença em massa na Nação Tricolor na Fonte Nova. “Nossos melhores resultados foram obtidos aqui. Goleamos o Vasco, o Atlético Mineiro, batemos a Ponte Preta e vencemos até o São Paulo. E isso só foi possível porque os torcedores vieram e nos incentivaram do começo ao fim”, disse o treinador.

Já o goleiro Emerson explicou como a torcida pode ajudar. “Por mais experientes que os jogadores do Corinthians sejam, eles vão sentir o baque de 66 mil pessoas contra eles. Não dá pra ficar indiferente a uma pressão dessas. A torcida tem o poder de intimidar o adversário e fazer os jogadores do Bahia renderem mais em campo. Tem jogadores que dependem muito desse apoio”, finalizou.