Notícias

Bahia já pensa no clássico

Bobô têm problemas para armar equipe titular que encara o arqui-rival, domingo, no Barradão.

03 mar 2002 | 23H17

Um fato inusitado pôde ser percebido nos vestiários da Fonte Nova após o jogo deste domingo, quando o Bahia venceu o Botafogo/PB, por 3×0. Diferente do que acontece normalmente, o principal assunto nas entrevistas não foi a partida que acabara de acontecer e sim uma outra. Mas não se tratava de uma partida qualquer, e sim, do maior clássico do futebol nordestino, um dos maiores do Brasil – o BA-vi do próximo final de semana, no Barradão.

“Essa semana, sem dúvida, vai ser especial e diferente das outras, no que diz respeito à ansiedade, que vai ser muito grande por parte de todos, afinal, BA-vi é BA-vi”, disse Bobô, que disputa seu primeiro clássico como treinador.

Mas Bobô tem problemas para escalar a equipe titular que encara o arqui-rival. O zagueiro Jean Elias vai ser julgado pela expulsão contra o Sergipe e pode ser suspenso. Bebeto Campos ficou fora do jogo com o Botafogo/PB por causa de uma amidalite e está em tratamento para ver se participa do BA-vi.

Entre os considerados reservas, o meia Capixaba se recupera de uma contusão muscular e ainda é dúvida. O lateral-direito Mantena, com um problema no tornozelo já está vetado.

Devido aos problemas, Bobô disse que vai esperar o desenrolar da semana para definir quem começa jogando o clássico. “O importante é que vamos ter uma semana para trabalhar e estudar as possibilidades de armar o time, a depender do que possa acontecer”.