Notícias

Bahia goleia o Poções na Fonte Nova

O Esquadrão venceu por 4 x 2.

01 maio 2007 | 21H15

Por Jayme Brandão

Após o excelente aperitivo da preliminar, onde o time júnior do Bahia ganhou do Vitória, por 2 x 0, a equipe profissional não queria fazer feio e tratou de golear o Poções, por 4 x 2, vencendo a segunda partida, no quadrangular final.

Os gols tricolores foram marcados por Moré, Fábio Saci(2) e Danilo Gomes.

O Bahia atingiu os 06 pontos conquistados e permance em 2º lugar.

O JOGO

Nenhum outro resultado interessava ao Bahia a não ser o triunfo e pensando assim, a equipe tricolor abriu o placar logo aos 06 minutos, através de Moré, que cobrou um pênalti com perfeição. A jogada da penalidade foi feita por Ávine, que foi empurrado pela zaga do interior. Bahia 1 x 0.

Três minutos mais tarde, em um contra-ataque, Danilo Rios lançou seu xará, Danilo Gomes. que invadiu a área e bateu cruzado, para fora.

Sentindo uma contusão na virilha, o atacante Moré saiu do jogo machucado, dando lugar a Harley.

Aos 14 minutos, Paulo Musse fez grande defesa, em uma cobrança de falta do goleiro Everton.

Aos 20, em um belo passe de Danilo Rios, Ávine entrou livre, mas chutou em cima do goleiro.

No contra-ataque deste lance, Musse fez uma defesa arrojada, saindo nos pés do atacante do Poções.

Aos 23, em um lance duvidoso, Harley foi derrubado na área, mas o árbitro mandou seguir.

Aos 27, Laerte chutou de fora da área e Musse praticou outra boa defesa.

Aos 29 minutos, o Esquadrão marcou o segundo gol. A jogada começou em um desarme de Humberto, que passou para Danilo Gomes, tocando para Harley e chegando em Carlos Alberto, na direita. O lateral fez um excelente cruzamento, para Fábio Saci empurrar para o fundo das redes. Bahia 2 x 0.

Aos 33, em uma linda jogada, Danilo Rios tocou para Harley, que devolveu para Danilo de calcanhar. O jovem meia chutou, mas o goleiro defendeu.

Dois minutos mais tarde, o Poções diminuiu, através de Laerte, que invadiu a área e colocou no canto de Paulo Musse.

Aos 39, Harley fez boa jogada pela direita, “pedalou” pra cima do zagueiro e chutou. A bola percorreu a linha do gol, mas não entrou.

No intervalo, o técnico Arturzinho teve mais um problema médico, devido a sequência desgastante de jogos. O goleiro Paulo Musse sentiu uma contusão na coxa e foi substituído por Márcio, que fazia sua estréia.

Aos 10 minutos, Ávine cruzou na área, a zaga do Poções rebateu mal e Harley mandou a “bomba”, mas Everton defendeu.

Aos 17, Saci fez boa jogada pela esquerda, tocou para Harley que abriu, do outro lado para Carlos Alberto chutar com perigo, mas para fora.

Aos 21, Danilo Gomes chutou forte, por cima do gol, com perigo.

Aos 23, o Bahia marcou o terceiro gol. Emerson Cris lançou Ávine, que cruzou para Fábio saci marcar de cabeça, o seu 2º gol na partida e o 13º no campeonato baiano.

Aos 31, em uma bola que seria gol certo, Ávine cortou com a mão e o juiz marcou pênalti, o expulsando em seguida.

Mesmo com a expulsão, a torcida reconheceu a boa partida do ala esquerdo tricolor e o aplaudiu bastante.

Na cobrança, o goleiro Everton diminuiu o placar para 3 x 2.

Aos 34, em uma cobrança ensaiada de falta, Danilo Gomes chutou forte e marcou o quarto gol tricolor.

Aos 39, Emerson Cris, que entrou bem no jogo, chutou forte, de longe, obrigando ao goleiro a praticar uma boa defesa.

Já nos acréscimos, Márcio praticou uma linda “ponte”, em um chute perigoso, garantindo o triunfo por 4 x 2.

O Bahia atuou com: Paulo Musse(Márcio), Carlos Alberto, Emerson, Hebert, Ávine, Humberto, Fausto, Danilo Gomes, Danilo Rios(Emerson Cris), Moré(Harley) e Fábio Saci.

Depois da partida, todos os jogadores seguiram para o Fazendão, onde já iniciaram a concentração para a partida contra o Poções, na quinta-feira, na cidade de Vitória da Conquista.

Amanhã, o elenco treina às 09:00hs, no Fazendão.

FICHA TÉCNICA:

Bahia 4×2 Poções – 01/05 – 17hs

Local – Fonte Nova, Salvador-BA

Bahia – Paulo Musse (Márcio), Carlos Alberto, Hebert, Emerson e Ávine; Humberto, Fausto, Danilo Rios (Emerson Cris) e Danilo Gomes; Fábio e Moré (Harley). Técnico: Arturzinho

Poções – Ewerton, Márcio Chokito (Jobinho), Marivaldo, Marcos Santos e Dirley; Nenenzinho, Bob, Hudson (Miler) e Joilson; Valdo (Cafu) e Laerte. Técnico: Netão

Gols – Moré (8 do 1º tempo), Fábio Saci (29 do 1º e 23 do 2º), Laerte (35 do 1º), Ewerton (33 do 2º) e Danilo Gomes (34 do 2º)

Árbitro – Arilson Bispo da Anunciação (BA)

Cartões amarelos – Emerson, Hebert, Danilo Rios, Danilo Gomes e Humberto (Bahia); Márcio Chokito (Bahia). Cartão vermelho – Ávine (Bahia)

Renda – R$ 75.247,50

Público – 1.963 pagantes + 10.000 vale-show