Notícias

Bahia goleia na estréia de Lula

Tricolor venceu por 4 x 1, na estréia do novo treinador

22 out 2006 | 19H26

Por Jayme Brandão

Em uma tarde chuvosa de domingo, o Bahia goleou o Ferroviário, por 4 x 1 e voltou a briga por uma das vagas na Série B, do ano que vem.

Mesmo com a chuva, quase 25.000 torcedores estiveram na Fonte Nova, dando mais uma demonstração de amor ao Esquadrão.

O JOGO

Precisando de um triunfo, o Bahia começou logo pressionando o adversário e aos 10 minutos, Paulo César cruzou, o meia Juninho mandou por cima, criando o primeiro lance de perigo.

Aos 21 minutos, em um escanteio cobrado por Azevedo, Luiz Alberto cabeceou duas vezes, levantando a torcida.

Aos 27 minutos, Juninho chutou bem, mas a bola passou pelo lado.

O Ferroviário suportava bem a pressão do Bahia e em um lance isolado, abriu o placar da Fonte Nova.

Aos 30 minutos, em uma cobrança ensaiada de escanteio, Tiago completou para os fundos das redes do goleiro Darci. Ferroviário 1 x 0.

Com o apoio da torcida, o Esquadrão chegou ao empate, aos 40 minutos. Azevedo cobrou bem o escanteio e Luiz Alberto cabeceou no canto do goleiro Jeferson. 1 x 1.

Logo em seguida, o zagueiro Emerson cobrou uma falta com violência, mas o goleiro conseguiu evitar a virada.

No intervalo, o técnico Lula Pereira foi obrigado a mudar a equipe, tirando Paulo César, que sentia fortes dores nas costas e colocando Isac.

Aos 07 minutos, Azevedo, sempre ele, cobrou bem uma falta e o zagueirão Emerson cabeceou com elegância, virando a partida. Bahia 2 x 1.

Um minuto depois, Sorato quase amplia, mas o goleiro cearense defendeu o chute do artilheiro, que tinha recebido bom passe de Luiz Alberto.

Aos 19 minutos, Emerson cobrou uma falta, mandando uma “bomba”, que ainda desviou na barreira e morreu no fundo do gol do Ferrin. Bahia 3 x 1.

Aos 26 minutos, o Ferroviário acertou a trave do goleiro Darci, em um chute de fora da área.

O técnico Lula Pereira, atendendo aos pedidos da torcida, colocou Rafael Bastos, no lugar de Juninho.

Aos 36 minutos, Sorato chutou de fora da área, mas o goleiro estava bem colocado e defendeu.

Aos 42 minutos, o Bahia marcou seu 4º gol, em uma bela jogada do time, que passou por todos os setores do campo.

O volante Luiz Alberto tabelou no meio campo e passou muito bem para Sorato, na esquerda, que teve a frieza de sempre e marcou seu 11º gol no campeonato. Bahia 4 x 1.

O artilheiro foi substituído por Rodriguinho e ao sair, teve seu nome gritado pela torcida.

No fim do jogo, a Nação tricolor pode comemorar aliviada, o primeiro triunfo no octogonal e a primeira goleada de todo o campeonato.

O carro de som, disponibilizado pelo departamento de marketing do Bahia, fez a festa da galera, que não quis saber da chuva e dançou nas arquibancadas.

O próximo compromisso do Bahia será quarta-feira, em São Paulo, contra o Barueri.

Depois do jogo de hoje, todo o elenco foi para o Fazendão, onde já iniciou a concentração.

Amanhã pela manhã, os jogadores que atuaram contra o Ferroviário, fazem um treino regenerativo, às 11:00hs, no Fazendão.